Assim não dá…

Clubes grandes, confusões grandes

Frases polêmicas, sempre disparando para alguém, futebol oscilante e muitas brigas. Desde que chegou ao Milan, Zlatan Ibrahimovic tem arranjado mais confusões do que jogado um bom futebol.

A primeira polêmica não foi lá grande coisa. Num treinamento, ele deu um chute em Strasser. Não foi um chuuuuuuute… foi um chute, parecia ser mais uma brincadeira, mas como a gente não sabe como os jogadores milanistas convivem, então poderia ter sido uma agressão, que Strasser não levou muito à sério.

A segunda polêmica já foi grande coisa. Ibra simplesmente bateu boca com Arrigo Sacchi, um dos grandes treinadores da história do… Milan, seu atual time.

A mais nova polêmica veio hoje. Ibrahimovic saiu no braço com Oguchi Onyewu. O norte-americano não teria gostado de uma entrada dura do sueco e voou no pescoço de Ibra, que reagiu. Logo foram separados. Após a briga, Adriano Galliani só contemporizou, como se nada tivesse acontecido.

Assim não dá. Ibrahimovic vive a vida inteira reclamando que não é reconhecido como craque, mas com atitudes como as que ele toma, fica difícil.

Por causa de Ibra, virei fã de Josep Guardiola. Se você revirar notícias, verá que Ibrahimovic está sempre atacando o treinador do Barcelona, mas vê se Pep responde? Ele não baixa o nível e não parte para a ofensiva. Eu aplaudo isso. Outros partiriam pro confronto e criaria uma guerra. Ibra tem essa fama de desetemperado a tempos. Era banco no Ajax por causa disso, quando entrou, acertou um soco num companheiro contra o Groningen. Até que o treinador Ronald Koeman deu um jeito na sua cabeça e lhe fez jogar no poderoso time holandês. Para sair do Ajax, forçou a barra, se transferiu para a Juventus, clube qual largou, ao ser rebaixado para a Série B, na Inter, mais confusão na sua saída. Deixou o clube milanês alegando que queria conquistar a Champions League e não acreditaria ser possível lá, resultado: Seu novo time, o Barcelona, foi eliminado na semi-final pela Inter, que acabou sendo campeã. Por falar no time catalão, por lá, Ibra “viveu um caso amoroso” com Piqué, na famosa foto dos dois, fora a série de ataques para cima de Guardiola.

Não basta só jogar bola. Ibrahimovic tem que saber que junto com ele, vem um clube e seus clubes não são pequenos, são de tradição, tem nome, torcida e uma série de pessoas que trabalham em pró de um clube. Uma coisa é arrumar confusão em seu momento de folga. Na folga ele faz o que bem entender, mas no Milan ele só tem arrumado confusão em horário de trabalho, em treinos e muitas vezes e entrevistas. Ibra sabe jogar, todos sabemos disso, mas se arranjar confusão toda a hora, fica feio pra ele.

É nessas horas que a gente percebe que dirigentes são todos iguais. Se é um “jogador comum” arranjando essas polêmicas, a essa altura estaria afastado e por que não sem clube? Mas “é o Ibra”, então tudo bem. Alguém tem enquadrá-lo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s