h1

É a Dinamarca fazendo história

7 de dezembro de 2010

 

Copenhagen fazendo história no futebol dinamarquês (Getty Images)

Em 1992, a antiga Copa dos Campeões passou a ser organizada pela Uefa, passando a se chamar Uefa Champions League. De lá para cá, nenhum time dinamarquês chegou a fase dos mata-mata. Hoje o Copenhagen fez história. Os Leões venceram o Panathinaikos e fazem história na Champions League.

De pênalti, o rodado Gronkjaer marcou (AFP)

O Copenhagen tinha algumas vantagens: jogava no Parken Stadium, precisava somente vencer, o adversário era o eliminado Panathinaikos e o adversário pela vaga nas oitavas-de-final, o Rubin Kazan tinha um “joguinho fácil” contra o Barcelona no Camp Nou. Os Leões tiveram poucos problemas para vencerem. Vingaard abriu o placar na etapa inicial, Gronkjaer de pênalti fez o segundo, já o terceiro gol veio em uma cabeçada de Cissé, contra o próprio gol. O PAO descontou com Kanté. O Copenhagen termina a fase de grupos da Champions League na segunda colocação com 10 pontos e se torna o primeiro time dinamarquês a se classificar para a fase dos mata-mata da competição. Muitos podem dizer: “Poxa, mas um time dinamarquês? Que ruim pra competição”. Já eu penso em olhar na visão do torcedor. Os torcedores do Copenhagen devem estar orgulhosos de seu time, já os demais dirigentes de outras equipes devem querer se inspirar no Copenhagen para poder seguir o mesmo caminho. Enfim, essa classificação do Copenhagen pode abrir portas pro futebol dinamarquês. O Panathinaikos ficou na lanterna com 2 pontos.

Pelo mesmo grupo, já classificado e já com a liderança garantida, o Barcelona, com um time repleto de reservas bateu o Rubin Kazan. Os dois gols do time catalão saíram somente no segundo tempo. Fontás e Victor Vásquez marcaram os dois gols. O Barça terminou com 14 pontos na liderança, já o Rubin terminou em 3º com 6 pontos.

Grupo D
Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Barcelona 14 6 4 2 0 14 3 11
2 Copenhagen 10 6 3 1 2 7 5 2
3 Rubin Kazan 6 6 1 3 2 2 4 -2
4 Panathinaikos 2 6 0 2 4 2 13 -11

Defoe fez dois (Getty Images)

Agora chegamos ao grupo A, onde o surpreendente Tottenham segurou um movimentado empate com o Twente e manteve a liderança. Só que o lance mais “chamativo” do jogo foi o primeiro gol dos Spurs. O Twente errou na saída de bola. Com o Tottenham apertando, Wisgerhof teve de recuar para o goleiro Boschker que furou feio e a bola entrou. Como o futebol é injusto, o gol foi dado para Wisgerhof, mas se não fosse o goleiro… A pele de Boschker foi salva, com o gol de Landzaat. Na etapa final, chuve de gols: Defoe recolocou o Tottenham em vantagem, Rosales empatou, Defoe marcou outro, mas Chadli empatou e fechou  em 3×3. Os Spurs terminam a fase de grupos em uma surpreendente primeira colocação, com 11 pontos, já o Twente termina na 3ª colocação com 6 pontos e vai para a Europa League.

A Internazionale jogou com um time repleto de reservas e passou vexame fora de casa. Uma derrota humilhante pra fraca equipe do Werder Bremen. Na primeira etapa, Prödl abriu o placar e no segundo tempo, foi a vez de Arnautovic e Pizarro marcaram e fecharam a surpreendente e não menos humilhante vitória dos Die Grün-Weissen. A Inter termina na segunda colocação da Champions League, com 10 pontos. A última temporada que os Nerazzurri se classificaram para o mata-mata em primeiro lugar, foi na temporada 07/08. Com cinco pontos, o Bremen termina em última.

Grupo A
Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Tottenham 11 6 3 2 1 18 11 7
2 Internazionale 10 6 3 1 2 12 11 1
3 Twente 6 6 1 3 2 9 11 -2
4 Werder Bremen 5 6 1 2 3 6 12 -6

Schalke líder (AP)

Mal na Bundesliga, o Schalke 04 se classificou na primeira colocação do Grupo B. Os Azuis Reais viram um Estádio da Luz vazio, graças a vergonhosa eliminação do Benfica, em uma derrota diante do Hapoel Tel-Aviv. Na primeira etapa, Jurado abriu o placar, no segundo tempo, Höwedes, na linha burra de impedimento adversária, aumentou. De cabeça, o brasileiro Luisão descontou. Com 13 pontos, o Schalke 04 completa com 13 pontos. De certa forma é surpreendente essa colocação dos Azuis Reais. Quem decepcionou foi o Benfica, que terminou na 3ª colocação com 6 pontos e só vai para a Liga Europa…

…por causa do milagroso Lyon. Les Gones chegaram a levar a virada do Hapoel em casa e arranjou um empate no fim do jogo. Lisandro abriu o placar pro OL, Sahar empatou e Zahavi, de bicicleta, virou. Aos 44 minutos do segundo tempo, o garoto Lacazette deixou tudo igual. O Lyon completa com 10 pontos, na segunda colocação. O Hapoel estava na 3ª colocação, se classificando para a Europa League, mas o gol de Lacazette no fim do jogo tirou essa vaga pros israelitas, que ficaram na última posição com 5 pontos, sem vaga nenhuma.

Grupo B
Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Schalke 04 13 6 4 1 1 10 3 7
2 Lyon 10 6 3 1 2 11 10 1
3 Benfica 6 6 2 0 4 7 12 -5
4 Hapoel Tel-Aviv 5 6 1 2 3 7 10 -3

Manchester pressionou e empatou (AFP)

Para fechar, vamos no grupo C, onde Manchester e Valencia ficaram num empate movimentado no Old Trafford. O Che não se intimidou com o estádio e ia para cima, com o tempo, os Red Devils tomaram conta do jogo e tornando o goleiro Guaita protagonista, com belas defesas. Só que num erro de saída de bola de Carrick, Domínguez tomou a bola e soltou para Pablo Hernández mandar para as redes. Durante o restante da etapa inicial e comecinho da etapa final, o Manchester pressionou muito e os espanhóis recuavam demais. Guaita, terceiro goleiro do Valencia, fez belíssimas defesas e virou protagonista da partida. Em uma dessas belas defesas do arqueiro, Anderson marcou no rebote e deixou tudo igual. Os Ches decidiram deixar a defensiva e partir um pouco mais pro ataque, algumas chances foram criadas, mas nada aconteceu. O Manchester termina na primeira colocação, com 14 pontos e somente um gol sofrido, já o Valencia fica na 2ª colocação com 11 pontos e fica a sensação que se os Ches não tivessem recuado muito após o primeiro gol, poderiam ter conquistado um melhor resultado.

Pelo outro jogo do grupo, o Rangers, já com a vaga na Europa League, empatou em 1×1 com o já eliminado Bursaspor. O interminável Kenny Miller abriu o placar pros escoceses, já Yildrim empatou pros turcos. O Rangers acabou em 3º com 6 pontos e o Bursaspor acabou em 4º com 1 pontos.

Grupo C
Pos Time P J V E D GP GC SG
1 Man. United (ING) 14 6 4 2 0 7 1 6
2 Valencia (ESP) 11 6 3 2 1 15 4 11
3 Rangers (ESC) 6 6 1 3 2 3 6 -3
4 Bursaspor (TUR) 1 6 0 1 5 2 16 -14

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: