h1

O dia em que a Academia chegou a glória

9 de dezembro de 2010

 

West Ham campeão europeu

Quem é garoto, assim como eu, talvez pode achar que o West Ham é um time pequeno, sem expressão alguma, mas é mentira. A gente vê hoje um Campeonato Inglês onde vemos poucos ingleses nos grandes times, mas um time se sobressai. É o próprio West Ham. O time tem a fama de revelar grandes jogadores ingleses e houve um ano que esses garotos levaram os Hammers a glória.

O time comandado por Rob Greenwood e que tinha como destaques Bobby Moore, Geoff Hurst e Martin Peters, todos revelados pelo clube chegou a final da Copa dos Campeões das Copas, após eliminar Gent, Sparta Praga, Lausanne e Zaragoza, marcar 14 gols e sofrer 9 gols, para enfrentar no Wembley os alemães do Munich 1860, time que fez 19 gols e sofreu somente 4. Os Hammers tinham nada mais, nada menos que 9 jogadores revelados na Academia.

Na partida jogada diante do Munich 1860, um jogador não revelado pela Academia decidiu. Alan Seasley marcou aos 25′ e aos 27 minutos da etapa final e deu ao West Ham o seu único título europeu em toda a sua história. Pro pessoal que quer saber mais sobre a Academia de Futebol do West Ham, é só acessar o site dos Olheiros.

Veja os lances da final:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: