Faltou

Faltou calma ao Borussia Dortmund. Sobrou nervosismo

Faltou experiência. Sobrou incapacidade

Faltou técnica. Sobraram erros de passe

Faltaram passes precisos. Sobraram balões

Faltou um bom árbitro. Sobraram faltinhas made in Brazil.

Faltou a vitória e a classificação.

Assim dá para descrever o decisivo jogo entre Sevilla e Borussia Dortmund pela Liga Europa.

O time alemão foi ao Ramón Sanchéz Pizjuán precisando bater o Sevilla para se garantir na próxima fase da competição internacional. Tudo se iniciara bem para o BVB, que conseguiu o famoso “gol no início do jogo”. Aquele gol que geralmente desestabiliza o adversário e motiva o time então vencedor.

Com 4 minutos de jogo, Schmelzer avançou pela esquerda e jogou na área. A zaga espanhola afastou mal, pro meio da área e a bola sobrou para Shinji Kagawa, que bateu fraco, Palop aceitou, a bola entrou no cantinho. O gol do japonês estava colocando o Borussia na fase seguinte.

O Sevilla teria de sair pro ataque. Mas falta uma coisa. A tal da qualidade técnica. O time não tinha muito o que fazer, a não ser alçar bolas na grande área e torcer para que um de seus destaques tivesse um lampejo de individualidade. Não é que justamente essas duas coisas aconteceram?

Primeiro, Kanouté passou no meio de três marcadores, entrou na área e cruzou para Luís Fabiano cabecear em cima de Bender, o garoto se atrapalhou na hora de afastar a bola e pegou de leve e gorducinha sobrou para Romaric marcar. Além de falhar no gol, Bender teve uma atuação simplesmente lamentável. Errou muitos passes e sempre que aparecia na frente acabava dando a popular “engrossada”.

Menos de cinco minutos depois veio o golpe fatal. Perotti, pela esquerda, jogou na área, na cabeça de Kanouté, que subiu sozinho, entre dois marcadores e mandou para as redes.

Ainda na etapa inicial, os garotos do BVB mostravam nervosismo. Não era pra menos. O time alemão teria de virar o jogo para se classificar. Fora o fato do goleiro Weidenfeller ter salvo o time em algumas oportunidades, mostrando que o 2×1 não era definitivo, mas não era o empate que poderia vir e sim uma derrota mais elástica.

Na etapa final, o Borussia mostrou mais vontade e logo empatou com Subotic, que após cobrança de escanteio de Nuri Sahin, desviou de cabeça, sem chances para Palop. Após sofrer o gol de empate, o Sevilla meio que abdicou da partida, deixando o BVB jogar. Só que faltava uma coisa. Calma. O Borussia não botava a bola no chão. Apostava muito nos lançamentos. Volta e meia, quando Sahin desendava a lançar, dava certo, mas o turco não é de ferro, nem sempre dava certo.

O técnico Jurgen Klopp não pode ser responsabilizado por nada. Ele mexeu bem. Primeiro tirou o apagado Kuba, para colocar mais um atacante, Lewandowski. Embora tenha feito certo, a alteração não surtiu o efeito esperado. Ao invés do Borussia se fazer mais presente no ataque, continuou apostando nos lançamentos pela simples presença de mais um atacante. Percebendo os vários passes errados, Klopp fez mais uma alteração correta. Tirou Bender e colocou o brasileiro Antônio da Silva, que tem melhor qualidade no passe e ainda era uma arma nas bolas paradas. Acontece que Subotic e Hummels nem sabiam que existiam os volantes e sempre davam bicão pro ataque e quando a bola voltava para Antônio e Sahin, voltava sempre mascada e complicada de se ajeitar para uma jogada melhor. A última alteração foi mais no desespero. O lateral-esquerdo Schmelzer deixou o campo e o atacante Le Tallec entrou.

Para fechar sobre este jogo, falta o árbitro, Aleksei Nikolaev. Fraquinho…. Inventou muitas faltas. Dividas eram faltas, bolas disputadas eram faltas, bolas disputadas no alto eram faltas, mas o pior foi nos acréscimos. Ele até fez certo, deu 5 de acréscimos, foram várias paradas, mas acontece que pelo menos 4 minutos desses 5 foram ocupados por cera do Sevilla e o russo fez descaso com os lances e acabou o jogo aos 50 e alguns quebrados. Acho que a arbitragem não é justificativa para a derrota, mas que ela atrapalhou ao parar muito o jogo, permitir a cera do Sevilla e não acrescer os minutos corretos dos acréscimos, ahh, atrapalhou.

Aliás, os dois jogos diante do Sevilla tiveram influência da arbitragem. Se no jogo de hoje, tivemos um árbitro russo, mas que parecia mais ser brasileiro, no jogo de ida tivemos o inglês Mike Dean, que também deixou os jogadores do BVB nervosos e ainda expulsou de forma ridícula o lateral Marcel Schmelzer.

Por fim, passou a equipe que soube usar o “fator campo” nos jogos diretos, pois o Sevilla somou o ponto que precisava no Ramón Sanchéz Pizjuán e se garantiu. Ao Dortmund, digo que foi uma decepção, principalmente pela campanha em casa. No Signal Iduna Park, foram somados cinco pontos em 9 e o normal seria essa campanha ser fora de casa.

Pelo mesmo grupo, o PSG empatou com o Karpaty por 1×1 e confirmou a ponta do Grupo J.

Abaixo confira a quarta-feira na Liga Europa em fotos:

Pelo Grupo D, o PAOK venceu o Dínamo Zagreb por 1x0 e junto ao Villarreal, passa de fase. O time espanhol bateu o Brugge por 2x1 (Getty Images)

Pelo Grupo E, os eliminados do AZ venceram os classificados do BATE por 3x0. Classificado também, o Dynamo de Kiev ficou no zero com o Sheriff. (AP)

Classificados, CSKA e Sparta Praga cumpriram tabela, 1x1. Eliminado, o Palermo fez 1x0 no Lausanne (AP)

Classificado, o PSG ficou no empate com o eliminado Karpaty por 1x1. Junto com os franceses, o Sevilla passa de fase. (Reuters)

Cavani fez o salvador gol do Napoli contra o Steaua, aos 48 minutos do 2º tempo. Gol que classificou os italianos junto com o Liverpool, que ficou no zero com o Utrecht.

O Porto encerrou a sua campanha invicta com uma vitória por 3x1 sobre o CSKA Sofia. Os portugueses se classificaram junto com o Besiktar, que venceu o Rapid Wienna.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s