Empate no Choc des Olympiques

 

Le Choc des Olympiques

Nessa semana, o Europa Football fez um esquenta muito legal pro Choc des Olympiques (aliás, estes posts receberam muitos acessos). O jogo ocorreu hoje, e os ‘amigos’ do Sportv não transmitiram (no Sportv, Brasileiro Sub-20, tá, dá pra aceitar, no Sportv2 era o Derby della lanterna, dá para aceitar, embora OM x OL fosse mais jogo, acontece que o jogo do Calcio foi adiado e um VT foi pro lugar da peleja, ao invés do clássico).

No Marseille, a grande novidade foi a estreia de Rod Fanni. Contratado recentemente, vindo do Rennes, estreou jogando ao lado de Heinze na zaga. No Lyon, destaque para as voltas de Gourcuff e Delgado, mas que ficaram no banco.

Lisandro, como sempre, decisivo (OLWeb)

Na etapa inicial, o Marseille começou melhor. O Lyon ficava acuado e apostando em saídas rápidas nos contra-ataques, enquanto o OM mantinha a posse de bola, mas não conseguia criar muito. Mas um gol muda tudo. Jogando no seu estilo, OL conseguiu abrir o placar, em roubada de bola no meio campo. Seguindo o lance, Michel Bastos partiu pela direita, cruzou, Makoun deixou passar e Lisandro mandou pro fundo das redes. O gol trouxe calma ao time do Lyon e o nervosismo encomodava a equipe do Marseille, que via que o empate era desastroso – o OM ficaria 4 pontos atrás do lider -, tinha de sair pro jogo e via que mais um erro poderia resultar num segundo gol sofrido, que poderia ser irreversível.

Valbuena salvando o OM no Vélodrome (L'Equipe)

Na etapa final, o Marseille entrou determinado a conquistar o empate e logo ele veio. Com cinco minutos, Cheyrou meio que finalizou ou cruzou, mas o que importa é que Valbuena se antecipou a todos e mandou pras redes. Após o gol, o jogo deu uma equilibrada, com o Marseille dando uma pequena melhorada. Passando o tempo, o Lyon se cansou e o Marseille se viu na obrigação de sair mais pro ataque, só que de forma desorganizada não alcançou o gol.

Uma estatística que representa o que foi o equilíbrio do jogo é a posse de bola. O Marseille teve 50.7%, enquanto o Lyon teve 49.3%. Outra parte que mostra equilíbrio foram as finalizações. 13 pro OM, 11 pro OL (3 à 3 em questão tiros no alvo). Tivemos um número um pouquinho elevado de faltas. 17 pro OM, 16 pro OL.

Quem gostou desse empate foi o Lille. O LOSC teve o seu jogo adiado e poderia perder a liderança para PSG e Lyon, acontece que os dois times tropeçaram.

O jogo foi bom, o resultado nem tanto. Não digo que foi ruim, também não digo que foi bom. O Lyon está sem perder há 11 rodadas, mas cai para a 4ª colocação, com 30 pontos, um atrás do líder, Lille. O Marseille está uma posição abaixo do OL, com 28 pontos.

Essa é a cena do apocalipse (Girondins de Bordeaux)

Ainda no domingo, o Bordeaux conseguiu parar o Sochaux. Les Lionceaux tem a melhor campanha de times mandantes e o Girondins conseguiu pelo menos empatar. O brasileiro Jussiê fez o primeiro gol. O atacante do Bordeaux não marcava desde a 11ª rodada. Mas o Sochaux foi buscar o empate minutos depois com Ideye. O Girondins tinha tudo para vencer. Teve posse de bola de 63.1%, metade de seus chutes tiveram a direção do gol e fizeram menos faltas. O Bordeaux caiu para a 9ª colocação, com 26 pontos. Empate muito prejudicial e comprometedor. O Sochaux também caiu na tabela e está duas posições abaixo do Girondins, 11º lugar com 25 pontos. Detalhe, desses 25 pontos, 21 foram conquistados em casa. O time precisa aprender a jogar fora de casa.

Vale lembrar que Lens x Caen/Lille x Nancy, que jogariam hoje, tiveram a partida adiada por causa da neve.

Classificação


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s