h1

A nova “Era Dalglish” no Liverpool

11 de janeiro de 2011

 

Kenny Dalglish já tem longa história no Liverpool

Era apenas uma questão de tempo. Neste sábado, foi anunciada a demissão de Roy Hodgson do comando do Liverpool. O treinador vice-campeão da Liga Europa com o Fulham na temporada passada teve aproximadamente seis meses para implementar sua filosofia de jogo nos Reds, mas sofreu com a falta de resultados imediatos e não se manteve no cargo. Resultado: largou o time no 12º lugar da Premier League e esteve à frente do pior início de temporada do Liverpool em 57 anos.

Antes mesmo da demissão de Hodgson, nomes como Martin Jol, Martin O’Neill e Rafa Benitez já eram ventilados como possíveis postulantes ao cargo. Todavia, o cargo foi entregue a Kenny Dalglish, aquele que talvez seja a maior lenda da história do clube. Como jogador, conquistou praticamente tudo pelos Reds, com destaque para seis títulos da Premier League e três Copa dos Campeões.

Não menos brilhante foi a sua primeira passagem como treinador, conquistando três títulos da EPL, duas FA Cup e duas Charity Shield. Além de ter atuado em um determinado período como “player-manager”, ele também é lembrado pela dobradinha (Premier League e FA Cup) conquistada na temporada 85-86, fato alcançado por apenas quatro equipes na história do futebol inglês.

É claro que a chegada de Dalglish não tem o objetivo de retomar a “golden age” do clube naquele período, mas renova as esperanças de um time que necessita de tempo para se reconstruir. Pelo fato de ser um ídolo, Dalglish certamente terá a paciência e o respaldo dos torcedores, ainda que os resultados não sejam imediatos. E como se trata de uma reorganização a médio-longo prazo, certamente não serão.

Esta é apenas a primeira medida do novo dono do clube, John Henry, proprietário do consórcio americano NESV (New England Sports Ventures), para devolver o Liverpool ao topo do cenário inglês e mundial. Entretanto, o elenco necessita de abastecimento. Na última janela de transferências, chegaram Konchesky, Danny Wilson, Poulsen, Shelvey, Raul Meireles e Joe Cole, porém nenhum destes causou algum impacto significante.

Recuperar o futebol dos craques Steven Gerrard e Fernando Torres também é um caso a ser tratado como prioridade. Torres é quem possui o desempenho mais pífio. Não só por ser o artilheiro e uma das estrelas do time, mas qualquer atacante que possua uma marca de seis gols em 22 partidas não estará tendo um bom rendimento. Gerrard foi pras redes em oito oportunidades nas 19 partidas que disputou, mas nem de longe demonstra o poder de decisão de outras temporadas.

A princípio, o regresso de Dalglish parece ter sido uma decisão acertada. A sua história no clube tem apenas a contribuir para administrar a pressão que ele certamente sofrerá em Anfield Road. A estreia não foi das melhores: derrota para o Manchester United em Old Trafford, culminando na eliminação do Liverpool na FA Cup. Na EPL, com dez pontos de desvantagem para o Chelsea, 5º colocado até o momento, é muito difícil que o time belisque uma vaga para competições europeias.

Acima de tudo, o primeiro passo é procurar uma movimentação neste mercado de inverno e ajustar a equipe na parte tática – pois o elenco é qualificado. A temporada, que não é das melhores, ainda pode ter um alento: a conquista da Liga Europa. O Liverpool está na fase eliminatória da competição e encara o Sparta Praga nos 16-avos. O fato é que Dalglish possui o mesmo tempo de Hodgson para recuperar a auto-estima do time: seis meses. Pela sua identificação com o clube e com os torcedores, tem tudo pra dar certo.

One comment

  1. Sinceramente? Não acho que Dalglish dará conta do recado. Jogador é muito diferente de treinador. É esperar para ver.

    City apresenta Džeko e aos poucos vai se tornando ainda mais competitivo, confira:
    http://www.blogbolanarede.blogspot.com

    Abraços, Danilo.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: