h1

Desastrezinhos…

10 de março de 2011

Carragher e o seu Liverpool decepcionando (Reuters)

Começaram a rolar os jogos de ida das oitavas de final da Uefa Europa League e alguns pequenos desastres aconteceram.

Times que não esperavam perder, não só tropeçaram, como caíram por placares acachapantes. Mas enquanto a maioria das pessoas dá certos resultados como liquidados, eu penso diferente.

O grande exemplo foi no jogo do meio da tarde disputado na BayArena entre Bayer Leverkusen x Villarreal. Os alemães tomaram 3×2 e muitos estão dando como duelo liquidado. Pois eu não. O time comandado por Jupp Heynckes tem somente a sétima melhor campanha em casa na Bundesliga, nada de outro mundo para um time que almeja o título e também nada de assustador perder pro Villarreal em casa. Porém, fora de casa, o Leverkusen tem 27 pontos conquistados e a 2ª melhor campanha da Bundesliga. O time se sai melhor longe da BayArena.

Resultado importante do Villarreal na BayArena (Reuters)

É fato que se jogar como hoje, não tem chance. Já cansei de destacar aqui no blog como é fraca a defesa do Leverkusen. Se posiciona mal, dá espaços nas laterais e ainda comete muitos erros técnicos. Isso aconteceu constantemente na partida de hoje. Para piorar, o ataque não esteve em dia inspirado. Renato Augusto foi bem, buscou jogo e participou bem da partida, mas seu companheiro, Sidney Sam foi mal e errou tudo que tentou. Castro oscilou muito na partida, enquanto Derdyiok na etapa inicial, saiu muito da área e deixou o time sem referência, enquanto Kiessling na etapa final participou pouco, sempre perdendo as disputas com os zagueiros. O Villarreal esteve bem postado em campo e ainda tinha Rossi e Nilmar em dia inspirado. O italiano fez um gol e o brasileiro dois, ambos aproveitando bobeiras da zaga alemã e tirando vantagem de sua velocidade. Óbvio que se o Leverkusen jogar do mesmo modo, perde novamente e cai de forma até vexatória, mas sabe-se que o time alemão tem boa campanha fora de casa na Bundesliga e pode surpreender no Madrigal.

Não vamos cobrir o sol com a peneira. O Villarreal tem a 3ª melhor campanha em casa na Liga BBVA, atrás apenas de Real e Barça, além de ser a 3ª equipe que menos sofre gols em casa – 8 gols. Admito que o Submarino Amarelo tem o favoritismo por ter vencido o jogo de ida, por ter um time bem ajustado e por jogar no El Madrigal, onde é muito forte, mas não tiro as chances do Leverkusen.

Olha o Sheva aí gente (AP)

Outro resultado que pode ser considerado como “desastroso” é a derrota do milionário Manchester City pro Dynamo de Kiev na Ucrânia. Os Sky Blues tomaram 2×0 dos ucranianos, Shevchenko marcou um. Óbvio que é um placar reversível, mas há alguns pontos a se tocar: O Dynamo tem sim um bom time. Vem provando isso dentro da Europa League e na última fase passou facilmente pelo Besiktas, que podia não estar na lista de favoritos, mas não era um adversário fácil. Outra é que o Manchester United vem tropeçando na Premier League, Mancini talvez queira botar reservas na Europa League, vendo uma pequena brecha de chance de título na Premier League.

O resultado mais desastroso foi do Zenit, que pra mim era um dos grandes favoritos ao título. O time russo tomou 3×0 do Twente e terá de se virar em St. Petesburgo. Acho que ficou muito difícil pro Zenit. Vai ter de tirar 3×0 de um time que mostrou não ser tão bobo. O Twente venceu o Rubin Kazan, time local do Zenit, na Rússia por 2×0. Agora podem perder por esse placar que garantem a vaga. Azedou o caldo…

Enfim, os resultados em si – tirando o do Zenit – não são tãããããão desastrosos, são reversíveis. São times capazes de virar o jogo de 180 minutos se quiserem jogar bola.

Nos outros jogos…

Os dois times russos passaram por situações diferentes. O CSKA perdeu em casa pro time que pra mim é o grande favorito ao título, o Porto: 1×0, enquanto o Spartak venceu o Ajax em Amsterdã por 1×0, gol de Alex. Dos dois times de Moscow, acho que só o Spartak segue.

Além do Porto, os outros dois portugueses se deram bem nos jogos de ida. O Braga bateu o Liverpool por 1×0, gol de Alan, enquanto o Benfica fez jogo duro, mas virou pra cima do PSG, por 2×1. Pude assistir a esse último jogo e os franceses foram melhores durante 60 minutos. Nos outros trinta, se esqueceram de jogar e levaram a virada.

No jogo que restou, PSV e Rangers ficaram no zero. Ruim pros holandeses, que terão de sair pro jogo na Escócia, mesmo assim, acho que passam.

One comment

  1. Olá, Eduardo!
    Estou mudando os critérios de parceria lá do Papo de Informática e daqui pra frente fica desfeita a parceria, porém fique à vontade para divulgar sua página lá sempre que deixar algum comentário.
    Abraço!



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: