Ora pois meu gajo, grandes apuramentos

Porto: favorito ao título!

E quem diria que dos oito times que disputarão as quartas-de-final da Europa League, três seriam times portugueses? Mas é o que acontecerá!

Surpresa? Talvez sim.

Geralmente os times da terrinha são menosprezados e jogados de lado por parte da torcida e imprensa, mas sempre levando em conta que aqueles que defendem a tese de que quem abastece o futebol europeu somos nós, sulamericanos, esquecem que boa parte dos times portugueses tem uma base de jogadores aqui da América do Sul.

Surpresa? Talvez não.

Acontece que os times portugueses estão melhorando seus investimentos a cada ano que passa e hoje conseguem montar times fortes…com muitos sulamericanos.

Dupla do barulho portista: Falcão e Hulk

Eu defendo a segunda tese. Não acho que seja surpresa. O Porto, do discípulo de José Mourinho, André Villas Boas, tem uma campanha quase que impecável na Liga Zon Sagres. São 23 jogos, 21 vitórias e 2 empates, 53 gols marcados e somente 7 sofridos, 65 pontos, 13 de vantagem pro vice-líder da competição, o Benfica. Para fechar com chave de ouro, o Porto ainda tem o artilheiro do ‘Portuguesão’, Hulk, com 20 gols. Só para ter uma noção, o vice-líder na lista de artilheiros, João Tomás, do Rio Ave, tem 13 gols. Campanha magnífica, que credencia qualquer um a favorito ao título de uma competição internacional.

Nessa fase de oitavas de final, o Porto eliminou o CSKA Moscow no “melhor estilo Mourinho”, que certamente Villas Boas aprendeu com o próprio Mourinho ensinou a seu time. Os Dragões conseguiram um resultado satisfatório fora de casa, vitória por 1×0 e jogando em casa, bastou logo matar o adversário. O Porto abriu 2×0 em 25 minutos de jogo, deixou o CSKA descontar, mas nada que atrapalhasse o time português.

Já disse aqui outras vezes, para mim o Porto é o grande favorito ao título da Uefa Europa League. Os Dragões tem um belo elenco, com um bom time titular e bons reservas a disposição de André Villas Boas, que é um verdadeiro fenômeno da temporada europeia.

Benfica: Favorito ao título?

Rival do Porto, o Benfica não vive sua melhor temporada. Atual campeão português, os Encarnados são muito irregulares e essa irregularidade permitiu aos Dragões abrir essa larga vantagem na ponta da Liga Zon Sagres. Mas nada que impedisse o técnico Jorge Jesus de levar seu time longe na Europa League.

Jogando no Estádio da Luz, na ida, o Benfica foi mal, mas derrotou o PSG por 2×1. No Parc des Princes, o time português se impôs, jogou melhor, arrancou um empate por 1×1 e se garantiu na próxima fase. Mas há de se ressaltar a sorte do Benfica, que enfrentou um adversário que…pipocava na frente do gol. No lance que deixou todos de boca aberta, aos 49 minutos do segundo tempo, Maurice recebeu livre na grande área e ao tentar o arremate cruzado, pisou na bola, caiu e o jogo acabava.

Diferentemente do Porto, vejo o Benfica mais abaixo que o rival local. É um time bom, com um elenco bom também, mas não é tão bom quanto o plantel portista. Os Encarnados sofrem com essa irregularidade e isso pode pesar na disputa da Europa League, pois não vai ser sempre que se encontrará um PSG pela frente.

Marcio Mossoró: Um dos 789 brasileiros do Braga

Num patamar bem mais baixo que Porto e Benfica, vem o time que pode ser considerada a surpresa que eu perguntava acima da Liga Europa: o Sporting Braga. O brasileiríssimo time da cidade portuguesa mais antiga, já havia surpreendido na Champions League ao complicar a vida do Arsenal, agora foi a vez de complicar a vida de outro gigante inglês, o Liverpool.

Na ida, no Estádio Municipal, o time de Domingos Paciência conseguiu derrotar os Reds por 1×0. Placar magro e que forçaria o inexperiente time a segurar o rodada Liverpool na Inglaterra. E após sofrer 12 arremates durante a partida inteira e não sofrer nenhum gol, o Braga calou o lendário Anfield Road e se classificou para as quartas de final da Europa League. Pela história e investimento tanto de Liverpool quanto Braga, foi uma surpresa!

Essa vaga para as quartas de final é um dos maiores feitos pelo Braga em toda sua história. Para se ter uma noção, a melhor colocação desse time no Campeonato Português foi o vice-campeonato da temporada passada. Os Braguistas conquistaram a Taça de Portugal, mas foi lá nos anos 60, além de conquistar a única edição da Taça FPF, disputada em 76/77.

O céu é o limite pro Braga. A equipe não tem mais nada a perder. O 6º lugar na Liga Zon Sagres só lhe coloca na briga direta por uma vaga na próxima Liga Europa. A volta para a Champions League é improvável. O Braga é reconhecidamente o time mais fraco dos três portugueses, com brasileiros desconhecidos e os que são minimamente conhecidos, é porque fracassaram em grandes clubes do Brasil. Mas nada impede esse time ir longe.

O único ponto negativo dessa boa fase dos times portugueses é ver que os destaques de Porto, Benfica e Braga são estrangeiros. Nos Dragões dá para destacarmos Hulk e Falcão, nos Encarnados, Aimar, Cardozo e Luizão e nos Guerreiros do Minho, Alan e Paulo César, todos sulamericanos. O que explica um pouquinho da má fase do selecionado português.

Mas como no futebol moderno isso é moda, não há nada de errado.

O Porto é o time mais forte dos três. Tem uma boa base, um treinador que virou um fenômeno e tem jogadores que desequilibram uma partida. O Benfica tem os mesmos atributos, mas o que pesa contra é a irregular temporada, que mexe na confiança dos jogadores e da torcida. O Braga é a zebra. Não tem um vasto elenco, tem um investimento menor e nem o mais fanático torcedor braguista apostaria que o time chegaria até onde chegou no início da temporada.

Enfim, os três times portugueses deverão ir com tudo na Europa League. O Porto tem o Campeonato Português em suas mãos, podendo poupar forças para a competição da Uefa; o Benfica tem a vaga na próxima Champions League praticamente garantida, poderá fazer o mesmo que o Porto; já o Braga vive um dilema, vai com tudo na Liga Europa ou tenta também conquistar a vaga para a mesma competição via Campeonato Português? Como eu sou daqueles que critica os obsessivos por vagas e mais vagas em outras competições, iria com tudo na Europa League. E você? O que faria?

Demais Classificados:

*Dynamo de Kiev: Após vencer em casa por 2×0, os ucranianos se deram ao luxo de perder pro Manchester City por 1×0 para se classificar;

*Twente: Outro que se deu ao luxo de perder e se classificar. Derrota por 2×0 diante do Zenit, mas o 3×0 na ida lhes classificou;

*Spartak Moscow: Vitória contundente sobre o Ajax, 3×0 e 4×0 no agregado;

*PSV: Após 0x0 na ida, os holandeses conseguiram um suado 1×0 contra o Rangers na Escócia;

*Villarreal: Depois de vencer o Leverkusen na BayArena por 3×2, o time espanhol fechou a conta com uma vitória por 2×0.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s