h1

O fermento Pastore

1 de agosto de 2011

“Pastore no PSG por 43 milhões de euros é um desperdício!”

Ouvi isso de um comentarista pelo qual tenho muito respeito. Ainda bem… ou ruim que ele não tenha completado seu comentário. Ainda bem porque se não, eu poderia perder uma parte considerável desse respeito por ele. Mas pode ter sido ruim, já que me fez de interpretar seu comentário de um modo, mas pode ter feito outras pessoas entender de outro jeito.

Não nego a ninguém que gosto bastante do Campeonato Francês por X motivos. E é claro que não gosto de ver críticas negativas ao torneio e não são poucas. Foi o que entendi do comentário citado logo na primeira linha.

Javier Pastore reforçará o Paris Saint-Germain

Eu pelo menos entendi que mais valia à pena Pastore ir para um Chelsea por uma mixaria do que ir pro PSG por uma fortuna.

Primeiro de tudo: Pastore poderia até ir pro Chelsea como grande estrela, mas teria de “disputar” por este posto com atletas como Drogba, Terry e Lampard, e não é de desconhecimento de ninguém que os três são “barraqueiros” e gostam de uma confusãozinha para tumultar o ambiente londrino. Para um garoto como Pastore, isso não seria nada bom. Sempre veria alguém tentando puxar seu tapete.

No Paris Saint-Germain, ele chegará como grande estrela e também como a grande carta sacada da manga de Leonardo, novo diretor esportivo do clube francês. O grande problema para Pastore seria somente a pressão, mas jogador de futebol que não quer conviver com a pressão, tem de saber que está na profissão errada.

Mas pode vir você ou o tal comentarista e falar pra mim: “Mas a visibilidade? Ninguém vê o Campeonato Francês, ele ficaria escondido!”. Ninguém também não. Twitter afora encontro muitos fãs da Ligue 1 e que acompanham assiduamente as novidades do torneio. E segundo: não vê porque não quer. Através da internet é capaz de ver a 5ª divisão sueca, imagina o Campeonato Francês.

Podes achar o campeonato chato, fraco ou algo do tipo, mas precisaria ver uma série de jogos para formar a opinião.

Pastore visa grandes conquistas no Paris

Mas para este admirador do futebol francês, fica a expectativa de que Pastore possa ser o “fermento” que faça a liga francesa crescer. Todos os anos, clubes franceses exportam jogadores pras equipes das grandes ligas européias, está chegando a hora das outras ligas exportarem seus astros pra Ligue 1.

Tá certo que se não fosse o dinheiro de Nasser Al-Khelaifi e da Qatar Sports Investiments, o PSG não estaria montando um poderoso time (Sirigu – Jallet, Sakho, Bisevac e Tiéné – Matuidi e Sissoko – Nenê, Pastore e Ménez – Gameiro), mas se Pastore vier realmente se destacar, mostrando tudo aquilo de que se espera dele, por que não esperar que Lyon’s, Marseille’s, Lille’s e Bordeaux’s da vida não possam fazer o mesmo só para desbancar o time da capital?

A camisa será vendida, o nome será divulgado, a liga ganhará destaque. Ou seja, o dinheiro entrará. Pastore, Leonardo e Qatar Sports Investiments tem tudo para ser o fermento que fará o bolo francês crescer. Pode ser que o bolo não venha crescer como o esperado, mas pode ser que o bolo alimente dezenas de famílias, no caso, os clubes.

Sou um daqueles adeptos das “ideias basqueteiras”. Michael Jordan criticou LeBron James por se juntar ao Miami Heat de Chris Bosh e Dwyane Wade, isso porque em sua época de jogador era inimaginável ver Jordan e Magic Johnson na mesma franquia. Não porque era impossível, e sim porque um queria vencer o outro. Claro que não vem muito ao caso, mas é mais bacana ver Pastore encarando o plano de crescimento do PSG, preterindo a obsessão do Chelsea pela Champions League.

Esse é um novo modo de ver a contratação de Pastore. A maioria das análises vão no sentido: “Que timaço do Paris!”, ou “podem entregar a taça!”, e até “os caras tão podendo!”. Quero mostrar que uma grande contratação como essa pode representar mais do que um belo time.

Fica aí o meu desejo de boa sorte para Pastore, não só porque sou assumidamente fã do Paris Saint-Germain, mas porque sei que o argentino pode fazer a Ligue 1 ganhar mais respeito!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: