Fórmula do sucesso?

Mais da metade do time do Lyon fumava e os caras corriam para caramba. Na Europa se fuma e se bebe muito mais que no Brasil, mas os caras são muito mais disciplinados

Juninho Pernambucano, ex-jogador do Lyon

As noitadas do atacante do Fluminense, Fred foram assuntos constantes da imprensa e dos torcedores aqui no Brasil durante esta semana. Juninho Pernambucano, que foi companheiro de Fred no Lyon, deu essa declaração acima pra lá de interessante, principalmente se você é um daqueles que acha que jogador de futebol é um padre e tem que ficar trancafiado em casa.

Fica a singela pergunta: essa foi a fórmula (ou uma das fórmulas) do sucesso do Lyon que culminou em um heptacampeonato francês?

2 respostas em “Fórmula do sucesso?

  1. acho que jogador tem que se respeitar, em primeiro lugar.

    fumar e beber é um direito dele, sim. mas não é coisa que um cara que trabalhe 100% com o seu corpo, faça.

    da mesma forma que um jornalista, por exemplo, tem direito de rebater quem o ofende, mas não deve. não é ilegal, mas é imoral.

    tem que parar com isso de jogador poder fazer o que ele quiser “desde que dê resultado em campo”. uma hora o tal “resultado” vai desaparecer. e aí?

    jogador tem carreira até os 35, em média. só joga no nível máximo do seu físico até essa idade (e nem todos).

    têm o resto da vida inteira pra se drogarem e fazerem o que bem quiserem com seus corpos. mas se escolheu isso pra vida, meu amigo, HONRE. até porque, o que tem de cara que daria a vida pra estar no lugar deles abrindo mão de todos esses “prazeres” não tá no gibi.

    eis aqui um desses…

  2. ah, antes que me rebatam, NÃO SOu um “frustrado”. nem nunca serei.

    e não é porque minhas escolhas são diferentes das da maioria, que é mais fácil pra mim não tomar certas atitudes que jogadores tomam.

    apenas acho que se você quer seguir uma profissão, ou como qualquer escolha na vida que você queira seguir, deve-se abrir mão de certas coisas.

    cada profissão tem a sua restrição. e no futebol é essa.

    pra mim, quem comete excessos não merece ser exemplo de nada. nem exercer a profissão.

    mas aqui, sempre dão 3ªs, 4ªs, 5ªs chances…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s