Polarização da liga espanhola gera polêmica

Texto de: Romário Henderson

O time misto do Barcelona atropelou o Villarreal... que está na Champions League

O debate sobre a polarização do Campeonato Espanhol entre Barcelona e Real Madrid tomou conta da Espanha. A superioridade dos gigantes em relação aos demais concorrentes nunca foi tão flagrante. As goleadas na rodada inaugural esquentaram a discussão.

O principal vilão é a divisão desigual nas cotas de TV. Barcelona e Real Madrid ficam com 17% do montante pago pela empresa Mediapro. Ambos repartem 212,5 milhões de euros (R$ 486 milhões). O valor restante (em torno de R$ 943 milhões) é divido entre os demais 40 clubes da Primeira e Segunda divisões.

O resultado final se vê na classificação. Nas últimas sete temporadas, Barcelona e Real Madrid sempre estiveram entre os três primeiros. A diferença de pontos é assustadora. Na temporada 2010/11, o Real Madrid, vice-campeão do Espanhol, ficou com 21 pontos a mais do que o Valencia, terceiro colocado.

O presidente do Sevilla, José Maria del Nido, antigo crítico do sistema de divisão de cotas, foi radical em seu posicionamento.

A Liga Espanhola é a maior porcaria do mundo

José Maria del Nido
O diretor esportivo do Barça, Andoni Zubizarreta, rebateu o ponto de vista do sevillista.
Porcaria? Temos um campeonato extraordinário com grandes jogadores. Essa é a nossa Liga
Andoni Zubizarreta
O debate promete aumentar com o campeonato em curso.

Dirigente defende greve de clubes

O presidente do Granada, Quique Pina, defendeu que os clubes da Liga Espanhola entrem em greve contra o critério desigual de divisão das cotas de TV.

Com a situação atual é melhor não ter campeonato. Não pode haver uma diferença tão grande de Barcelona e Real Madrid em relação aos demais

Antes você ia ao Bernabéu ou ao Camp Nou com toda a ilusão do mundo. Hoje em dia, se eu fosse treinador pouparia meus jogadores nessas partidas

Quique Pina
Os jogadores também começam a reclamar. O volante Marcos Senna, do Villarreal, é um deles:
A diferença para Barça e Real é brutal. Isso tem que mudar.

Marcos Senna

Fernando Roig, presidente do Submarino Amarelo é um dos dirigentes que briga por uma nova divisão nas cotas da televisão.

O atacante Piatti, do Valencia, afirma que a única chance de ganhar um título é com um milagre:

Temos de buscar a vitória, sempre na esperança de Real ou Barça terem um contratempo

Piatti
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s