h1

TOP 7: Inglaterra na Euro

9 de outubro de 2011

O drama acabou!

Após o histórico vexame diante da Croácia no Wembley Stadium nas eliminatórias para a Euro de 2008, a Inglaterra voltará a disputar uma edição final de Eurocopa. Isso foi conquistado após o empate em 2×2 diante de Montenegro.

Para poder celebrar esse retorno – e também aumentar um pouquinho o assunto do blog he, he -, o Europa Football faz uma lista de sete jogos históricos do English Team em edições passadas da Euro.

Vamos a eles!

7) Iugoslávia 1×0 Inglaterra – Semifinal da Eurocopa 1968

A primeira vez a gente nunca esquece! 1968 foi a primeira vez que a Inglaterra participou da fase final de uma Eurocopa. O formato era diferente: após passar por uma fase de grupos, oito equipes duelavam em um playoff, os quatro sobreviventes iriam para a Itália, onde em duas semifinais, seriam conhecidos os finalistas daquela que seria a terceira edição da Eurocopa. A Inglaterra acabou sendo uma das quatro finalistas e pegou em Florença a seleção da Iugoslávia por uma das semifinais. Após muita disputa, o gol veio a sair aos 43 minutos do segundo tempo, com Dragan Dzajic. O gol eliminou a Inglaterra em sua primeira participação na Eurocopa.

6) Inglaterra 2×3 Romênia – 3ª rodada do Grupo da Eurocopa 2000

O English Team tinha tudo para se classificar para os playoffs da Euro 2000. Bastava vencer a Romênia… aliás, até um empate lhes qualificaria, bastaria a Alemanha não vencer Portugal para isso acontecer. Mas a Inglaterra se complicou! Saiu atrás no marcador com um gol sem querer do ainda jovem Chivu. Antes do intervalo, conquistou a virada com Shearer e Owen. Mas isso tudo foi jogado fora quando Monteanu empatou na etapa final. A Inglaterra ia levando o empate, já que a Alemanha ia perdendo pra Portugal por 3×0 e a vaga ia sendo garantida. Só que os ingleses não contavam com uma forte investida de Moldovan pela direita. Ele chegou a linha de fundo, invadiu a área e só foi parado faltosamente por Phill Neville. Ganea converteu o pênalti aos 44 minutos do segundo tempo e eliminou a Inglaterra da Eurocopa de 2000.

5) Inglaterra (4) 0x0 (2) Espanha – Quartas-de-final da Eurocopa 1996

Quando os ingleses vêem uma disputa de pênaltis em seu caminho, tentam imaginar esse duelo de 1996… até porque não tem outro pra se espelhar. Históricamente a Inglaterra se dá mal em disputas de pênaltis e em 96, duas atravessaram seu caminho na Euro disputada na própria Inglaterra. A primeira delas ficou marcada positivamente. Após 0x0 com a Espanha nos tempos normal e extra, os ingleses foram pra disputa de pênaltis iluminados. Não erraram nenhuma das quatro cobranças e ainda viram Nadal e Hierro desperdiçarem seus tiros. Era a primeira vez que a Inglaterra vencia uma disputa de pênaltis em sua história! Um feito e tanto. Só que a sorte inglesa acabou logo na fase seguinte, quando caíram fora da competição nos pênaltis diante da Alemanha.

4) Inglaterra 1×2 França – 1ª rodada do Grupo B da Eurocopa 2004

A Eurocopa de 2004 não foi boa para a Inglaterra, mas não muda o fato da equipe britânica ter estado presente em dois dos melhores jogos do torneio. O primeiro foi logo no segundo dia de jogos em Portugal, contra a poderosa França. Com Lampard, a Inglaterra abriu o placar ainda na etapa inicial. No 2º tempo, David Beckham teve a chance de garantir a vitória inglesa, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti e por fim, foi calado pelo capitão adversário, simplesmente Zidane. De falta, aos 46 minutos e de pênalti, aos 48, Zizou foi o protagonista de uma grande virada francesa.

3) Portugal (6) 2×2 (5) Inglaterra – Quartas de final da Eurocopa 2004

O segundo jogo inglês da Euro 2004 que destaco foi o de sua eliminação. A Inglaterra encarava os donos da casa de Portugal no lotado Estádio da Luz. Um grande clima e todos esperando uma vitória dos mandantes. Com três minutos de jogo, Owen calou o estádio anotando o primeiro gol inglês. À partir daí, começou uma pressão lusitana, que foi recompensada com o gol de Hélder Postiga, já na parte final do segundo tempo. O 1×1 prosseguiu até os 20 minutos da prorrogação, quando presenciamos um gol de placa de Rui Costa. Ele avançou desde o meio campo e na entrada da área ajeitou o corpo e mandou um petardo de direita. Mas cinco minutos depois, Lampard deixou tudo igual e forçou a disputada das grandes penalidades. Aí surgiu o goleiro Ricardo! Ele primeiro tirou as luvas. Isso talvez tenha assustado Beckham, que mandou sua cobrança em Plutão. Mais tarde, já na série das alternadas, ele agarrou a cobrança de Vassell e foi cobrar a sétima penalidade portuguesa, convertendo e levando o time português as semifinais. A Inglaterra caía fora da Euro, com Beckham sendo o vilão nos dois jogos citados.

2) Inglaterra 0x1 Irlanda – 1ª rodada do grupo B da Eurocopa 1988

A Inglaterra iniciaria sua caminhada na Euro 88 contra um time britânico, a Irlanda. Mesmo o jogo sendo contra um adversário conhecido, era fato que o English Team carregava o favoritismo e tinha tudo para vencer o jogo. Com mnenos de dez minutos contra a Irlanda, isso tudo foi abaixo, quando no cochilo da defesa, Houghton fez o gol irlandês. Isso resultou numa pressão maluca do time inglês, somada com muitos cruzamentos a grande área. Nada disso surtiu efeito. A Inglaterra caira por 1×0 e nas rodadas seguintes tomaria um duplo 3×1 de Holanda e União Soviética, terminando em último no seu grupo.

1) Escócia 0x1 Inglaterra – 2ª rodada do grupo A da Eurocopa 1996

Olha como eu sou bonzinho, botei uma vitória inglesa na primeira colocação! Eu juro que tentei botar vitórias inglesas nessa lista, mas eu não tenho culpa se o English Team sempre acumula esses tropeços marcantes. Brincadeiras à parte, esse duelo de 1996 foi marcante. A Eurocopa era disputada justamente na Inglaterra e os donos da casa haviam empatado com a Suíça na estreia. O clássico diante da Escócia era a chance de ouro dos ingleses vencerem e conquistarem a torcida. Aliás, nos últimos anos, a rivalidade entre ingleses e escoceses caiu bastante, mas houve tempos em que essa rivalidade era comparada a rivalidade Brasil-Argentina, de tanto que as duas torcidas se odiavam. Naquele jogo, a Inglaterra venceu por 2×0, com gols de Shearer e Gascoigne. Aliás, o gol de Gazza foi histórico. Ele deu um chapéu no marcador e mandou um sem pulo perfeito. Gol que está marcado na história do mítico Wembley.

Esqueci de algum jogo? Mande aqui nos comentários que abro um “Menções Honrosas”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: