Ahn?!?!?

Toda janela de transferências é a mesma história. Acontecem as contratações já esperadas, os empréstimos para tapar buraco em um elenco curto e deficitário, as contratações milionárias, as pechinchas, as surpresas… Enfim, rola de tudo nesse período do ano.

Outro tipo de negociação que eu invetei uma classificação é a “Ahn?!”. Isso mesmo, “Ahn?!”. Recebe essa alcunha aquela contratação que você, por algum motivo, estranha e suas primeiras palavras após o iminente choque é “Ahn?!”. Outras fontes são consultadas, a negociação acaba por se confirmar e a dúvida e até o inconformismo batem em você.

Esse tipo de negociação pode acontecer quando algum clube contrata um jogador de nível duvidoso, ou quando um outro atleta acaba trocando um clube de alto nível por outro de nível mais baixo. Derivados também contam!

Fria ou grande chance de reerguer time tradicional? (werder.de)

A negociação do momento, que me fez olhar e dizer “Ahn?!” foi a de Andreas Wolf, que se transferiu do Werder Bremen pro Monaco.

Wolf foi o capitão e um dos grandes destaques do Nüremberg na surpreendente temporada 2010/11, que quase rendeu ao clube bávaro uma vaguinha na Uefa Europa League. Na metade de 2011, ele foi comprado pelo Werder Bremen. Nada de anormal! Quando um time que não tem grandes aspirações num campeonato nacional consegue superar seus objetivos e ir longe, a chance deste time perder seus principais jogadores para equipes que tem condições de sonhar alto em todas as temporadas se torna algo completamente normal. Foi o que aconteceu com o Nüremberg, que além de Wolf, perdeu Ekici, Schieber – este já estava por empréstimo, mas o Stuttgart está aproveitando o jogador – e Wollscheid – que irá pro Leverkusen na próxima temporada.

No Werder Bremen, Wolf não chegava a ser um titular absoluto, mas atuava com enorme frequencia. Dos 17 jogos do time de Thömas Schaaf no primeiro turno do Campeonato Alemão, o zagueiro/volante participou de 15 deles, sendo só um como reserva e tendo sido substituído duas vezes. Números bastante significativos, que representavam que Wolf era uma peça importante do elenco de Schaaf.

Quando vi que o Monaco estava atrás dele, não dei muita bola. Comprado recentemente por um magnata russo, era se de se esperar que muitos jogadores fossem especulados em torno do clube monegasco. Mas aos poucos fui notando que Wolf era o único especulado, aí percebi que a coisa era séria.

Eis que na tarde da última segunda-feira, os sites oficiais, tanto do Monaco, quanto do Werder Bremen confirmaram a negociação. Valores não foram informados pelo fato do clube monegasco ainda não ter efetuado o pagamento, mas o contrato de Wolf será válido até 2015.

Antes de chegar ao lado estranho da negociação, só quero acrescentar que o Monaco fez um belo negócio. O elenco monegasco é jovem e isto está pesando para a campanha ruim do time na Ligue 2 – 18ª colocação, com 19 pontos – e os veteranos do clube estão se arrastando. Wolf tem 29 anos, mas tem muita vitalidade, tem raça, é determinado e costuma ter um enorme espírito de liderança. Pode ser o cara que equilibre mentalmente esse jovem time do Monaco.

Mas agora sim vamos para a parte estranha: O que Andreas Wolf ganha trocando o Werder Bremen, time que está lutando por vaga na Liga dos Campeões, onde é titular na maioria dos jogos pelo Monaco, clube que mesmo sendo tradicional na França, está afundado na segunda divisão e tradicionalmente é um clube bagunçado e de pequena – e fiel- torcida?

De capitão do surpreendente Nüremberg, para novo jogador do afundado Monaco (Reuters)

Talvez nos próximos dias saberemos disso. Wolf chegará na quinta-feira em Monaco e provalvemente seja anunciado o valor da transação. Somente os números me dão motivos para imaginar esta transferência, porque profissionalmente, não sei o que o jogador ganharia, honestamente. Somente uma proposta boa financeiramente, tanto para o Werder quanto para Wolf me fazem imaginar isto. Respeito o Monaco, é um clube de muita história e quem me segue no twitter, sempre percebe que eu passo os resultados do time monegasco na Ligue 2, enfim, tento dar espaço pro clube, mas não faz sentido nenhum o Wolf trocar o Bremen pelo clube francês justamente agora. O defensor saiu valorizado do Nüremberg! E chegou valorizado em Bremen! A minha aposta é que se Wolf se for bem no Monaco, fatalmente ele irá pra algum grande na França já na próxima temporada.

O que resta agora é desejar boa sorte a Andreas Wolf! Viel glück ou bonne chance!

Uma resposta em “Ahn?!?!?

  1. Pingback: Um trio de segunda « Futebol Europeu Online

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s