Cochilo holandês

Largaram Krohn-Dehli na frente da área

No sábado, tivemos o primeiro resultado surpreendente da UEFA Euro 2012: a Dinamarca, de Morten Olsen, levou quase 30 chutes da Holanda, mas conseguiu sair com o resultado positivo, 1×0, gol de Krohn-Dehli.

O tento dinamarquês ficou marcado por um enorme cochilo do setor defensivo holandês. Simon Poulsen, que ficou boa parte do jogo marcando Arjen Robben, se aventurou no ataque e puxou para si três marcadores: van der Wiel, Heitinga e De Jong. O último, inclusive, estava mais próximo de Krohn-Dehli, mas o abandonou para acompanhar Poulsen.

O cruzamento do dinamarquês foi desviado por essa marcação e a bola sobrou para o 9 da Dinamarca, na entrada da área. A zaga holandesa se recompôs, mas não todos. Van der Wiel se ocupou com Poulsen, Heitinga voltou para seu lugar na defesa, mas De Jong deixou um buraco na defesa. Foi por ali que Krohn-Dehli entrou na área e marcou o gol da vitória dinamarquesa.

Um dos motivos da permanência de De Jong e van Bommel na cabeça-de-área da Holanda era por causa da segurança que a dupla transmitia. Quando um falha, tudo tende a se desestabilizar, como foi provado no gol.

Confira abaixo toda a análise do lance:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s