h1

O Trauma de Lille

20 de setembro de 2012

A derrota diante do BATE deixou o Lille com aproveitamento ruim em jogos em casa na Liga (Getty Images)

Sem Gervinho, mas ainda com Moussa Sow e Eden Hazard, o Lille saiu na fase de grupos da UEFA Champions League 2011/2012. A decepção foi muito grande, pois o clube, que carregava a fama de atual campeão francês, saiu da competição sem vencer nenhum jogo em sua casa.

Das três partidas feitas como mandante, o LOSC tinha uma que já era sabida que não venceria, que era contra a Internazionale. E assim foi, revés pelo placar mínimo. Depois disso, CSKA Moscou e Trabzonspor eram adversários vencíveis.

Porém, a sensação deixada após esses jogos foi de vexame. Contra os russos, o Lille chegou a abrir 2×0 e teve chances de golear, mas acabou cedendo o empate nas únicas finalizações do CSKA. Já no duelo diante do time turco, o 0x0 custou à classificação – a vitória lhe deixaria com os mesmos 8 pontos do CSKA, mas como o time francês venceu na Rússia, se classificaria.

A precipitada queda só aumentou o histórico ruim do Lille quando joga em seus domínios. Em toda a sua história na Liga dos Campeões, o time francês obteve apenas 45% de aproveitamento nos jogos em casa, com cinco vitórias em 17 jogos. São números que contrastam completamente com o que é feito pelo mesmo time, se juntarmos os números da Copa UEFA/Liga Europa com a UCL. O aproveitamento subiria para 69%.

Quase dez meses se passaram daquela eliminação, o estádio Lille Métropole foi “aposentado” e o moderníssimo Grand Stade Lille Métropole – estádio da Euro 2016 – “ganhou vida”. A sofrida classificação para a fase de grupos – vitória na prorrogação sobre o Copenhague – pareceu mostrar que o trauma de jogar em Lille era coisa do passado.

Tudo conspirava a favor do Lille, já que logo na estréia, receberia o, aparentemente frágil, BATE Borisov. Para completar, Bayern e Valencia, teoricamente, os times mais fortes do grupo, se enfrentariam. Era a chance de o time francês vencer e já ter três pontos de vantagem para um dos concorrentes a vaga.

O BATE Borisov riu e ainda “tirou onda” de quem dava como certa a projeção criada anteriormente e abriu 3×0 em menos de 45 minutos de jogo no Grand Stade Lille Métropole. O pobre time francês teve forças apenas para marcar um gol de honra.

Mas o que se passa com o Lille quando enfrenta jogos internacionais em casa? Pressão? Medo? Inexperiência? O fato é que não é normal ter menos de 50% de aproveitamento nos jogos em casa em toda sua história no torneio.

O acachapante tropeço diante do time bielorrusso se explica, em partes, pelo oscilante início de temporada do LOSC. Marvin Martin, principal contratado, não tem as características desse time do Lille. Rudi Garcia viciou a equipe a jogar no 4-3-3, sem um armador central. Martin é justamente esse atleta que não se encaixa no esquema, até por isso existe a dúvida: a formação que deve se ajustar ao jogador ou ele que tem de se adaptar ao esquema? Esse período de incertezas atrapalha o time e o jogador, que não vem repetindo as boas atuações dos tempos de Sochaux.

Mas é óbvio que este desencaixe não foi o grande causador desta trágica e inesperada derrota. Parece existir uma mística e um fator psicológico que envolve a questão. Não sei nem se Hazard – que faz uma falta absurda – mudaria este panorama. Falta equilíbrio ao Lille, talvez até mental. Ora o centro-avante decide, ora peca em lances imperdoáveis. Ora o zagueiro faz cortes precisos, ora entrega o ouro ao bandido. Essas oscilações individuais passam pra todo time e é esse tipo de situação que complica a equipe em determinados momentos. Falta um algo mais!

Se o Lille sonha em chegar, pela segunda vez em sua história, a fase de mata-mata da Champions League, precisa quebrar essa sina. Como vai conseguir, honestamente, eu não sei, mas vencer pelo menos uma partida em seu estádio já ajudaria bastante.

2 comentários

  1. Observou bem!! Vou lincar no post do Le Blog, merci!


  2. De facto, foi humilhante essa derrota do Lille contra a modesta equipa do BATE Borisov



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: