h1

Acréscimos do jogo e da história

27 de setembro de 2012

Grégory Wimbée foi o único goleiro a marcar no Campeonato Francês por 16 anos

O dia era 29 de novembro de 1996. Estávamos na 20ª rodada do Campeonato Francês e o estádio Marcel Picot ainda não tinha grama sintética. Nancy e Lens fariam um jogo obscuro da rodada. O time da Lorena era o vice-lanterna com 12 pontos e somente duas vitórias no campeonato. Enquanto a equipe sangue e ouro ocupava a 14ª colocação com 24 pontos. Além disso, Bordeaux e Metz, times que estavam empatados em pontos na parte de cima da tabela, iriam se enfrentar no mesmo horário.

Mas quem iria imaginar que seria o duelo dos times desesperados que entraria para a história? O 1×0 aplicado pelo Bordeaux pra cima do Metz só o ajudou na competição e acrescentou a história do confronto. O duelo entre Nancy x Lens também mexeu pouco com a história dos times durante o torneio, mas trouxe um novo fato ao futebol francês.

O Lens liderava o marcador, mesmo atuando fora de casa. Seu gol foi anotado por David Regis, aos 33 minutos do período complementar. O Nancy, incomodado com a preocupante situação, tratou de dar satisfação aos mais de 5 mil espectadores que foram ao Marcel Picot e partiu para cima do adversário. O desespero era tanto que, na última bola da partida, o goleiro Grégory Wimbée partiu para área e tentar o cabeceio.

Wimbée nasceu na região de Nancy e fazia duas temporadas que era titular na equipe. Mesmo tendo sido revelado pelo clube da cidade, só recebeu oportunidades em 1994, após convencer em seus dois anos no Charleville. Ele conquistou a titularidade do time logo após a saída do antigo camisa 1, Fabien Schneider.

Mas voltando ao jogo, Wimbée chegou na área em cima da hora. O escanteio já estava sendo cobrado, mas a bola, ainda assim, foi em sua direção. O zagueiro, posicionado há mais tempo, se antecipou e cortou, mas a bola parou nos pés de Sébastien Schemmel. O defensor do Nancy não pensou duas vezes e recolocou a pelota na área de primeira. Após toque de cabeça no segundo pau, a bola bateu no joelho de Wimbée e saiu de seu controle. Poderia faltar técnica, habilidade e inteligência e sobrar desespero e agonia. Aconteceu o contrário. Como um legítimo centro-avante, Wimbée girou e finalizou de pé direito. A bola desviou na marcação e tirou o goleiro Jean-Claude Nadon do lance, balançando as redes do Marcel Picot.

Um goleiro não deve ficar planejando comemorações ou dancinhas na hora do gol, a não ser que ele tenha como característica, bater faltas ou pênaltis. Até por isso, Wimbée saiu correndo feito um menino que fez um gol na sua aula de educação física na escola. Sua corrida foi meio sem direção e uma meia dúzia de companheiros o seguiu para comemorar.

A partida terminou 1×1, mas o futuro dos dois times não sofreu grandes alterações. O Nancy caiu, chegou a reagir, é verdade, mas levou desvantagem no saldo de gols do Caen. Já o Lens ficou em uma posição de conforto, 13º lugar.

Mas até hoje, aquele jogo é lembrado pelo gol de Wimbée, o primeiro de um goleiro na história do Campeonato Francês. Até mesmo o paraguaio José Luis Chilavert, que jogou no Strasbourg de 2000 a 2002, saiu zerado em gols – marcou na Copa da França, mas não na Liga.

De costas, Ahamada empatou a partida para o Toulouse

16 anos depois, finalmente um goleiro foi capaz de balançar as redes em um jogo do Campeonato Francês. A partida era Toulouse e Rennes e o TFC, assim como o Nancy, perdia em casa, só que por 2×1. O goleiro Ali Ahamada se aventurou na última bola do jogo e foi ao ataque. Após o levantamento na grande área, o goleiro conseguiu desviar de cabeça – e de costas!!! – pro fundo das redes.

Wimbée nunca foi um goleiro que enchesse os olhos, mas teve passagens boas por times como Lille, Metz e Grenoble, além do Nancy. Ahamada parece ter capacidade de chegar a patamares mais altos, mesmo tendo suas excentricidades. Suas saídas de gol são um tanto quanto esquisitas, sua reposição de bola não é das melhores e volta e meia, sofre uns apagões, como quando enfrentou o PSG e tomou um gol por cobertura de Pastore, onde estava muito adiantado. Ahamada já figura nas seleções de base da França e tem potencial para evoluir.

O gol do goleiro do Toulouse você já deve ter visto, a imagem rodou o planeta bola. Mas decidi colocar neste post, um vídeo capturado por um torcedor que se posicionou atrás do gol que Ahamada concluiu seu feito. Assista e entre na explosão da torcida!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: