Os caras do Derby della Madonnina

Todos os grandes jogos, sejam clássicos ou não, sempre tem seus destaques individuais, suas estrelas e seus jogadores mais decisivos. Na série “Esquenta pros Clássicos”, o Europa Football continua falando do Derby della Madonnina, agora listando os jogadores que podem decidir tanto para o Milan, quanto para a Inter.
  • INTERNAZIONALE

O maestro do meio campo da Inter: Sneijder

Nome completo: Wesley Benjamin Sneijder
Data de nascimento: 9 de junho de 1984, em Ultrecht (HOL)
Ex clubes:

Ajax (127 jogos e 44 gols)
Real Madrid (52 jogos e 11 gols)

Wesley Sneijder manda no meio campo da Inter. Tem grande técnica, finaliza bem com os dois pés e é decisivo. Desde que chegou na Itália tem sido assim: Sneijder e mais dez. E essa história tem sua razão. Mourinho armou um 4-2-3-1 na temporada passada pensando nele como um grande pensador do meio campo italiano, assim como atualmente, Leonardo arma um 4-3-1-2 com o mesmo pensamento. Mesmo assim, com Sneijder cumprindo com maestria essa função de “maestro”, ele mostra que não é um jogador de um único posicionamento. Sempre que é preciso uma mudança de esquema, o camisa 10 nerazzuri se desloca para os flancos, ou passa a voltar mais e buscar jogo. Ele mostra ser um jogador de grupo. Então você me pergunta: “Por que Sneijder pode ser o ‘cara’ do clássico?”. Primeiramente, uma resposta simples meio clichê. Ele é craque, e é exatamente isso que se espera de um jogador desses, que decida os jogos mais importantes. Outro ponto que pode-se destacar é que dos 21 jogos que Sneijder participou nesta temporada, ele participou ativamente de 8 gols. Foram três gols e cinco assistências.

Eto'o, o artilheiro interista

Nome completo: Samuel Eto’o Fils
Data de nascimento: 10 de março de 1981, em Duala (Camarões)
Ex clubes:

Leganés (30 partidas e 4 gols)
Real Madrid (6 partidas e nenhum gol)
Mallorca (163 jogos e 69 gols)
Barcelona (200 jogos e 130 gols)

Mesmo com a soberania de Wesley Sneijder no meio campo nerazzuri, algo todos tem de concordar: Samuel Eto’o é o melhor jogador da Inter na temporada. Já são 19 gols e 6 assistências. O camaronês tem mostrado ser mais que um simples “empurrador de bola para as redes”. Já nos tempos de José Mourinho, ele já mostrava sua versatilidade ao jogar como um winger, nessa atual temporada ele já atuou como winger, centro avante, segundo atacante, enfim, tem sido outra peça fundamental nesse elenco interista. Eto’o está muito bem desde o início da temporada sem declinar muito. Nos últimos dez jogos da Inter, ele fez 7 gols e deu 4 assistências, enquanto nos dez jogos iniciais da temporada, ele fez 12 gols e deu 4 assistências. São números diferentes, porém, respeitáveis. Esses números surgem como um “porque” de uma eventual pergunta sobre o motivo de Eto’o se um dos ‘caras’ do derby.

  • MILAN

Alexandre Pato, The Duck

Nome completo: Alexandre Rodrigues da Silva
Data de nascimento: 2 de setembro de 1989, em Pato Branco
Ex clubes:

Internacional (27 jogos e 12 gols)

O sueco Zlatan Ibrahimovic, grande destaque do Milan na temporada, está suspenso, então a responsabilidade de carregar o Milan fica à cargo de Alexandre Pato. O atacante brasileiro pode não estar vivendo uma grande temporada – grande parte disso pode ser creditada as lesões que tem sofrido -, mas tem sido importante em momentos decisivos. Vale lembrar o decisivo duelo contra o Napoli, há pouco mais de um mês, onde Pato fez um gol e deu uma assistência, fora ter tido realmente uma grande apresentação. No duelo de volta contra o Tottenham, pela Champions League, mesmo com o Milan sendo eliminado, o camisa 7 milanista teve boa atuação, não se omitindo na partida. Nessa hora surge a velha máxima do “clássico é clássico” e nessa hora também não importa muito a temporada inteira e sim os 90 minutos batalhados em campo, e Alexandre Pato pode se sobressair. O “porque” de ele ser um dos ‘caras’ vem do fato de ele ser uma grande promessa do futebol brasileiro, com grande técnica e faro de gol, já estar calejado e o principal, por este ser um momento ótimo para ele provar a que veio nesse mundo futebolístico, pois não pode se contentar em ser um coadjuvante e sem Ibra, Pato terá de chamar a responsabilidade!

O Monstro, Thiago Silva

Nome completo: Thiago Emiliano da Silva
Data de nascimento: 22 de setembro de 1984, no Rio de Janeiro
Ex clubes:

Juventus (27 jogos e 3 gols)
Porto e Dynamo Moscow (em ambos, nenhum jogo)
Fluminense (146 jogos e 14 gols)

Thiago Silva é o Monstro que comanda a zaga do Milan. Zagueiro técnico e espantosamente calmo. Dificilmente você o vê fazendo besteiras em campo. Não o vê dando carrinho tolo, dando bico pro ataque. Thiago sempre mostra categoria na saída de jogo. Seu parceiro de zaga é o experiente Alessandro Nesta. Tá certo que seu companheiro é muito bom zagueiro, um dos melhores do mundo enquanto esteve no auge, mas hoje não é mais o mesmo e cabe a Thiago Silva muitas vezes salvar a pele de Nesta. E cá pra nós, salvar a pele de um zagueiro do nível de Nesta é para poucos. Nesta temporada, o defensor brasileiro tem mostrado versatilidade e já atuou até como volante. Thiago Silva pode ser o ‘cara’ do jogo pois vai se deparar com um ataque com Eto’o em excelente temporada e o brasileiro tem tudo para brecar o camisa 9 adversário e ainda ser uma boa opção no jogo aéreo milanista.

  • COADJUVANTES (Postulantes a homens do jogo)

– Júlio César: o arqueiro da Inter pode viver uma temporada não muito boa, mas fazendo a sua parte lá atrás e ainda conseguindo alguns milagres, pode vir a ser um jogador decisivo no derby.

– Maicon: o lateral-direito é uma das peças chaves da Inter. Muitas vezes o time deixa de jogar pelo lado esquerdo ou pelo centro para focar todas as jogadas em cima de Maicon. Se estiver em dia inspirado, o brasileiro pode vir a decidir o clássico, levando em conta que as laterais são o ponto fraco do Milan.

– Cambiasso: o volante argentino parece um ser onipresente em campo. Quando você menos espera, Cambiasso aparece dentro da área para marcar um gol. Excelente peça de chegada ao ataque.

– Milito: o argentino não vive boa temporada, mas nessa hora a história pesa. Gols que valeram títulos para a Inter mostram que a estrela de Milito pode voltar a brilhar.

– Pazzini: contratado na janela de inverno, Pazzini tem jogado muito bem e tem feito gols. Talvez ele sinta a pressão de um Derby della Madonnina, mas ele jogou alguns Derby della Lanterna, que também envolve forte rivalidade.

– Seedorf: o holandês já viveu dias melhores, mas recentemente tem jogado numa espécie de primeiro volante e tem se saído bem nas suas atuações, principalmente com sua qualificada saída de bola. Seedorf é outro que tem gols importantes no currículo e os milanistas torcem para sua estrela voltar a brilhar.

– Cassano: o camisa 99 foi a grande contratação do Milan na janela de inverno e o que pode se esperar de Cassano é raça, técnica e fogo na defesa adversária, sem falar que o ex-jogador da Sampdoria tem sido um bom assistente desde que chegou ao Milan. Já foram 5 assistências!

– Robinho: após muita contestação em relação a seu futebol, Robinho se firmou no Milan. O brasileiro é uma peça chave, pois pode ser um segundo atacante, winger e numa eventual emergência, pode jogar como armador, posição em que tem jogado bem.

Derby della Madonnina: Prévia virtual

Com a modernidade dos dias atuais, fica fácil botar na rede vídeos de partidas que você faz no vídeo-game. E dando sequencia a prévia do Derby della Madonnina, o Europa Football coloca agora vídeos de Inter x Milan no video-game.

Começamos com um vitória soberana do Milan no game FIFA 11

Vingança interista no FIFA 11

Agora, passeio do Milan ainda no FIFA 11

No PES 2011, o Milan venceu de virada

Ainda no PES 2011, goleada do Milan

Nova vitória milanista no PES 2011

Video Parade: Derby della Madonnina

Todo clássico tem seus duelos históricos, jogos marcantes, gols antológicos, enfim, lances marcantes. Não é diferente no Derby della Madonnina. Nas terças-feiras que ficam reservadas para o “Video Tube”, teremos hoje um “Video Tube Especial: Derby della Madonnina”.

 

INTER 2×1 MILAN – 1955/1956 (16 de outubro de 1955)
Gols de: Nesti, Lorenzi (INT) e Nordahl (MIL)

INTER 2×0 MILAN – 1970/1971 (7 de março de 1971)
Gols de: Corso e Mazzola

MILAN 1×5 INTER – 1973/1974 (24 de março de 1974)
Gols de: Chiarugi (MIL), Orialli, Sabadini [contra], Boninsegna, Mazzola e Mariani (INT)

INTER 0x3 MILAN – 1989/1990 (19 de novembro de 1989)
Gols de: Van Basten, Fuser e Massaro

INTER 1×1 MILAN – 1991/1992 (1 de dezembro de 1991)
Gols de: Klinsmann (INT) e Van Basten (MIL)

MILAN 5×0 INTER – 1997/1998 (8 de janeiro de 1998)
Jogo de ida da Coppa Italia
Gols de: Albertini, Ganz, Savicevic, Colonese (contra) e Nilsen

INTER 0x6 MILAN – 2000/2001 (11 de maio de 2001)
Gols de: Comandini (duas vezes), Giunti, Shevchenko (duas vezes) e Serginho

INTER 3×2 MILAN – 2003/2004 (21 de fevereiro de 2004)
Gols de: Stankovic, Cristiano Zanetti (INT), Tomasson, Kaká e Seedorf (MIL)

MILAN 2×0 INTER – 2005/2006 (6 de abril de 2005)
Jogo de ida das quartas de final da Champions League
Gols de: Stam e Shevchenko

INTER 0x3 MILAN – 2005/2006 (12 de abril de 2005)
Jogo de volta das quartas-de-final da Champions League
Gols de: Shevchenko (a partida foi suspenso e o Milan foi declarado vencedor)

MILAN 3×4 INTER – 2006/2007 (28 de outubro de 2006)
Gols de : Seedorf, Gilardino, Kaká (MIL), Crespo, Ibrahimovic, Stankovic e Materazzi (INT)

MILAN 1×0 INTER – 2008/2009 (28 de setembro de 2008)
Gols de: Ronaldinho

MILAN 0x4 INTER – 2009/2010 (29 de agosto de 2009)
Gols de: Thiago Motta, Milito, Maicon e Stankovic

INTER 0x1 MILAN – 2010/2011 (14 de novembro de 2010)
Gols de: Ibrahimovic

  • NÚMEROS GERAIS

Milan Internazionale
Vitórias 106 94
Empates 72 72
Gols Marcados 431 402
Maior Vitória em casa 8×1 4×0
Maior Vitória fora de casa 6×0 5×0
Vitórias consecutivas 9 5