O maior de todos!

A enquete recebeu mais de 13 mil votos e Hitzfeld ganhou com sobras (Reuters)

O portal do diário Bild fez uma enquete com seus leitores para eleger o maior técnico de todos os tempos da Bundesliga. Com 46% dos votos, Ottmar Hitzfeld, que ergueu a Salva de Prata em sete oportunidades foi o vencedor.

Nascido em Baden-Württemberg, terceiro maior estado alemão, Hitzfeld foi formado como jogador no TuS Stetten-Lörrach. Como profissional, atuou no FV Lörrach – digamos que é uma associação ao Stetten-Lörrach – antes de se transferir pro Basel em 71. Desde então sua carreira deslanchou, tendo passagens consistentes não só pelo Basel, mas também por Stuttgart, Lugano e Luzern.

Centro-avante azul e vermelho por quatro temporadas, Hitzfeld conquistou a artilharia do Campeonato Suíço em 1973, ao marcar 18 gols. Outro recorde interessante do ex-atacante foi na temporada 1976/77, quando o Stuttgart – na época, seu clube – venceu o SS Jahn Regensburg por 8×0 e Hitzfeld anotou 6 gols. Nenhum outro jogador conseguiu igualar este feito até hoje na história da segunda divisão alemã.

Na temporada 1982/83, Hitzfeld encerrara sua carreira de jogador atuando pelo Luzern. No mesmo ano, iniciara sua vida como técnico de futebol. Certamente, ele não imaginaria que faria tanto sucesso como fez e faz até hoje…

Em seu primeiro time e em sua temporada inicial, Ottmar Hitzfeld levou o pequenino FC Zug da segunda para a primeira divisão suíça. O sucesso foi tanto que o alemão migrou para o FC Aarau, tradicional time do país, mas que estava sem ganhar o campeonato nacional desde 1914.

Hitzfeld ficou no Aarau de 1984 até 1988, onde conquistou uma Copa da Suíça e levara o time para a Copa da Uefa.

De 88 até 91, o alemão deu um salto ainda maior na carreira, comandando o Grasshopper, um dos grandes clubes da Suíça. Após início de anos 80 avassalador, com três títulos em cinco temporadas, o então presidente Fritz Peter trouxe Hitzfeld para fazer o clube reerguer um troféu.

Título foi o que não faltou nesta época! Bi-campeão da Copa da Suíça – 1989 e 1990 – além de bi-campeão nacional em 1990 e 1991. Em 1990 também veio o título da Supercopa Suíça. Com menos de dez anos de carreira, o alemão conseguira em sua carreira, feitos que técnicos calejados e com enorme rodagem ainda não conseguiram.

Hitzfeld conquistou sua primeira Bundesliga comandando o Dortmund

Em 1991, Ottmar Hitzfeld tomou uma das decisões mais importantes e desafiantes de sua carreira: trocar o Grasshopper pelo então decadente Borussia Dortmund. Ele reergue o BVB, tirou da rabeira e levou aos picos mais altos da tabela da Bundesliga. Sem contar os feitos internacionais! Hitzfeld levou o Dortmund para uma final de Copa Uefa e mais outra de Champions League. Nas duas, enfrentou a Juventus. Perdeu uma, mas levou a mais importante, a UCL.

De 1991 até 1997, Hitzfeld conquistou o Campeonato Alemão e a Supercopa Alemã em duas oportunidades, além de ser o técnico responsável por levar o Dortmund a seu único título de Champions League.

Anos mais tarde, Ottmar se tornaria o segundo técnico a conquistar a Champions League por dois times diferentes. Em sua passagem pelo Bayern de Munich, ele chegou a duas finais da competição da UEFA, mas só foi igualar Ernst Happel na segunda tentativa. Após perder tragicamente pro Manchester em 99, Hitzfeld conseguiu levantar a orelhuda pela segunda vez dois anos mais tarde, em Milão, na vitória do Bayern sobre o Valencia.

Além da UCL, os bávaros conquistaram três – finadas – Copas da Liga, duas Copas da Alemanha, um Mundial de Clubes e quatros títulos da Bundesliga na ” primeira era Hitzfeld”.

Ottmar sentiu saudades do clube bávaro e mesmo após deixar o clube em 2004, viu as portas abertas e decidiu voltar três anos depois para erguer mais uma Salva de Prata, além da Copa da Liga e da Copa da Alemanha.

Desde 2009, Ottmar Hitzfeld treina a Suíça e foi o responsável pela maior zebra da Copa do Mundo de 2010, ao bater a Espanha por 1×0.

O técnico alemão tem sido o encarregado de comandar a transição do futebol suíço, que antes era conhecido por suas retrancas e por um jogo “medonho”, mas que atualmente conta com uma geração jovem e talentosa – Shaqiri, Emeghara, Timm Klose, Ben Khalifa e Gavranovic são só alguns nomes que surgiram recentemente – e com alguns experientes que podem acrescentar bastante – como Derdyiok, Gokhan Inler, Barnetta e Diego Benaglio. Hitzfeld tem a missão de conseguir formar uma base sólida e levar este time para a próxima Copa do Mundo, já que a vaga na Eurocopa não veio.

Mesmo experiente, rodado e talvez até ultrapassado, Ottmar Hitzfeld ainda se mostra importante no mundo do futebol! Sua escolha é totalmente merecida. Poucos técnicos na Bundesliga tem números como os dele. Até agora, somente na Seleção Suíça ele não obteve grandes resultados, mas é um projeto totalmente diferente do que esteve envolvido em seus clubes. Hitzfeld conseguiu mostrar aos clubes alemães que mesmo não tendo o glamour de ligas como a inglesa e a espanhola, é possível quebrar as fronteiras de seu país e dominar a Europa!

Confira abaixo, os 5 mais votados e um pequeno histórico de cada um:

1 – Ottmar Hitzfeld

2 – Udo Lattek

Lattek treinou vários clubes alemães, mas obteve maior sucesso em Bayern e Monchengladbach. Nos bávaros, ganhou 6 Bundesligas, 3 Copas da Alemanha e uma Liga dos Campeões. Nos Potros, foram dois títulos alemães e uma Copa da Uefa.

3 – Otto Rehhagel

Assim como Lattek, Rehhagel passou por diversas equipes alemãs, tendo ganhado a Bundesliga duas vezes no Werder Bremen e uma vez no Kaiserslautern. Mas com certeza, seu grande feito foi ganhar a Eurocopa pela Grécia.

4 – Hennes Weisweller

Histórico técnico de Colônia e Monchengladbach, Weisweller conquistou quatro títulos da Bundesliga, três vezes nos Potros e uma vez pelso Bodes.

5 – Thomas Schaaf

Schaaf foi criado no Werder Bremen, jogou somente no Bremen e só treinou os Verdes. Um título alemão, três da copa alemã, além de uma final de Copa UEFA pra ele.