Os goleadores da França

O argentino Delio Onnis lidera o ranking histórico de artilheiros da Ligue 1

Diversas vezes sou questionado sobre alguns dados históricos do Campeonato Francês, principalmente se tratando de jogadores. Bom, hoje irei sanar algumas das dúvidas de vocês quanto à artilharia histórica do torneio.

O maior goleador de todos os oitenta anos de Campeonato Francês é o argentino Delio Onnis, que entre 1971 e 1986 jogou no país da Torre Eiffel. Neste período, ele defendeu Stade de Reims, Monaco, Tours e Toulon, tendo uma passagem mais longa e produtiva pelo clube do principado, onde fez 187 gols em 263 jogos. Onnis disputou 449 partidas e balançou as redes em 299 oportunidades.

Esse argentino tem um dado interessante: ele nunca jogou pela seleção de seu país. Onnis nasceu perto de Roma e muitos argentinos o consideravam italiano. Em contrapartida, muitos italianos o consideravam argentino… Fora esse impasse, Onnis enfrentava a forte concorrência de Bianchi, Maradona e Kempes na Argentina.

Logo atrás do hermano, vem Bernard Lacombe, que construiu toda sua carreira na França. Suas passagens de maior destaque foram por Lyon – clube que o revelou – e Bordeaux, onde anotou mais de 120 gols. Em sua curta passagem pelo Saint-Étienne, Lacombe também teve bons números, com 14 tentos em 32 aparições. Em toda a história, foram 255 gols em 497 jogos.

Curiosamente, o jogador com a melhor média de gols no torneio ocupa apenas a 19ª colocação no ranking: Josip Skoblar. O iugoslavo atuou por nove anos no Olympique de Marseille e fez 151 gols em 174 partidas, tendo média de 0,86 por partida.

O brasileiro melhor ranqueado é Sonny Anderson, ex Marseille, Monaco e Lyon. O atacante fez 138 gols em 221 partidas no Campeonato Francês.

Confira abaixo o ranking com os 20 maiores artilheiros da história do “Francesão”:

Abaixo, você pode conferir as listas dos principais artilheiros do campeonato e que ainda estão em atividade na carreira. O líder do ranking é o ex-atacante do Marseille, Mamadou Niang, que deixou a França com a contagem centenária.

Destaque também para a lista dos artilheiros que ainda estão jogando na Ligue 1 e o líder é Peguy Luyindula. O detalhe é que o último dos 86 tentos do atual jogador do Paris Saint-Germain foi na 19ª rodada do Campeonato Francês da temporada 2009/2010. Com as poucas oportunidades que tem recebido na capital, a tendência é que Ludovic Giuly o ultrapasse na lista. Talvez já tivesse feito isso se não passasse a última temporada na segunda divisão pelo Monaco.

→ Maiores artilheiros em atividade

→ Maiores artilheiros em atividade na Ligue 1

Haja jogo agora…

Trocentos jogos amistosos pela europa

Essa época de pré-temporada é uma das mais loucas que tem. Muitos pensam que  não tem jogo nenhum, que é só treino e sei lá mais o que. Engana-se quem diz isso. Na Europa, é época de vários amistosos por dia. De times grandes contra naniquinhos. De jogos em campos pequenos, precários e alguns até sem arquibancada. Esses amistosos já estão rolando já faz um tempo, mas agora começarei a destacar mais amistosos.

*Atual vicecampeão alemão, o Schalke 04 perdeu para o  Braunschweig, time do centro-norte alemão e que está na terceira divisão alemã, equipe que quase subiu para a segunda divisão na temporada passada. O time de Gelsenkirchen foi para o intervalo perdendo por 1×0, gol de Kumbela. O Schalke chegou a empatar na etapa final, com Gavranovic, mas aos 36 minutos, Kragl fez o gol vitorioso do Braunschweig. O Schalke tinha em campo o brasileiro Edú e os novos contratados: Metzelder, Hoogland e Papadopoulos.

test_gc_090710_552x245Outro time alemão, só que o Stuttgart, apenas empatou com a tradicional equipe suíça do Grasshoppers. Os alemães saíram na frente ainda no primeiro tempo, com Pavel Pogrebnyak, mas em três minutos na etapa final, o time suíço virou o jogo. Aos 25′ Zuber empatou e aos 28′ Rennella virou. O Stuttgart foi alcançar o empate menos de dez minutos depois, com Didari.

Atual campeão francês, o Marseille venceu seu desafio contra o Vannes, da segunda divisão francesa. O Olympique venceu o jogo em um curto período de tempo com dois pênaltis arranjados por Niang. O primeiro acho que não houve (para mim, Niang esperou o contato para se jogar) e o segundo acho que houve (embora o zagueiro tenha pego a bola, Niang foi atropelado antes do contato zagueiro-bola). Ayew bateu o primeiro rasteiro, Niang cobrou o segundo no alto, ambos foram no lado direito e o goleiro foi no esquerdo em ambas as cobranças. O Marseille jogou com os brasileiros Elinton e Hilton, além de Samassa (que volta de empréstimo após boa temporada no Valenciennes) e Azpilicueta (novo reforço). Brandão entrou no intervalo, e pelos melhores momentos que vi (e que estarão logo abaixo), o goleiro Elinton mostrou muita segurança embaixo dos três paus.

clermont5Maior campeão francês, o Saint Etienne vai tentando reconquistar sua glória e venceu o Clermont, da segunda divisão francesa. O jogo seguiu a famosa toada do um vira, dois ganha. Na primeira etapa, Bergessio fez o primeiro, na etapa final, Sako deu números finais, fechando em 2×0 a vitória do Saint Etienne. Esses são só alguns amistosos que foram realizados na sexta-feira. Hoje (sábado) estão realizados muitos outros jogos e dentro do possível, irei passar ao amigo internauta os resultados das partidas.