Le Podcast du Foot #94 | Os caras do ano na França

2018 foi, definitivamente, um ano especial para o futebol francês. Foi esta a temporada em que a França voltou a erguer uma Copa do Mundo, a segunda de sua história. Foi também o período em que voltamos a ver uma equipe do país a chegar a uma decisão europeia. O Marseille, porém, ficou sem a taça, mas valeu a campanha histórica na Liga Europa. No futebol feminino, vimos o Lyon emplacar a melhor jogadora e o melhor treinador do planeta. Enfim, rolou muita coisa que colocaram os franceses em evidência.

Para homenagear as pessoas que fizeram o ano de 2018 ser mais do que marcante, a turma de Le Podcast du Foot se reuniu e escolheu os nomes de destaque da temporada, entre atletas e treinadores franceses ou que atuam na França. Eduardo Madeira comandou a edição #94 ao lado de Filipe Papini e Renato Gomes.

Ouça abaixo o programa:

Le Podcast du Foot #58 – O vice da França

aurelien durand

Foto: Aurélien Durand/FFF – Matuidi é consolado após derrota na final

O esperado terceiro título europeu não veio e a França precisou se contentar com o vice da Uefa Euro 2016. Mesmo jogando diante de seu torcedor, os Bleus pararam na seleção portuguesa, que pela primeira vez na história ergueu o principal troféu do continente europeu.

A França, comandada por Didier Deschamps, teve como grande pilar Antoine Griezmann. Artilheiro do torneio com seis gols, o atacante do Atlético de Madrid ainda foi eleito o principal jogador da competição. Além disso, os Bleus tiveram campanha praticamente impecável. Foram cinco vitórias e dois empates – contabilizando o empate da decisão, já que a partida foi definida na prorrogação.

Entretanto, estes fatores não impediram a seleção das críticas. Desempenho ruim, decisões contestáveis de Deschamps e atuações decepcionantes de Paul Pogba foram alguns dos temas que geraram questionamentos durante a competição.

Enfim, a Euro deixou perguntas e respostas no ar e Le Podcast du Foot, em sua edição #58, debate muitas delas. O programa teve apresentação de Eduardo Madeira e comentários de Filipe Papini e Renato Gomes, além de um drop de Bruno Pessa.

Clique no player e ouça o programa!

Sem título

Mutante, França tem prova de fogo para buscar o bicampeonato

Foto: FFF

Foto: FFF

Não há seleção na Copa do Mundo que seja mais mutante que a França. Há um ano, muitos acreditavam que a ausência no Mundial era algo provável de acontecer. Após a histórica vitória sobre a Ucrânia na Repescagem, os franceses começaram a ser colocados no bloco de coadjuvantes.

O triunfo sobre a Holanda (2×0), em março deste ano, trouxe novos horizontes para a equipe comandada por Didier Deschamps. Os então personagens secundários começaram a ser apontados como potenciais surpresas da Copa. Entretanto, o corte de Franck Ribéry, semanas antes do debute na competição, fez muitos darem passos atrás com os Bleus.

Leia mais no Doentes Por Futebol: