As maiores transferências da história da Ligue 1 – antes dos times milionários

A cada abertura de janela de transferências, há um frisson na Europa sobre qual será a grande investida do Paris Saint-Germain. Fortemente abastecido financeiramente pela Qatar Sports Investiments, o clube da capital francesa já foi capaz de realizar ousadas contratações como as de Edinson Cavani (€ 64 milhões), Ángel Dí Maria (€ 63 milhões) e David Luiz (€ 50 milhões), todos frutos desta ambição parisiense.

Dá para englobar nessa lista ainda o Monaco, do bilionário russo Dmitri Rybolovlev, que investiu € 60 milhões em Falcao García e € 45 milhões em James Rodríguez. Claro, ressalte-se, que ele diminuiu drasticamente os investimentos após algumas polêmicas pessoais.

Mas muitos ainda se perguntam: afinal, antes das injeções de dinheiro em Paris e em Monaco, quais eram as maiores negociações da história do Campeonato Francês? Para sanar essa dúvida, decidi trazer hoje o levantamento das cinco maiores transferências do Francesão… antes dos investimentos milionários de PSG e Monaco. Os dados foram todos extraídos do site Transfermarkt. Confira!

5º – Sonny Anderson – Lyon – € 19 milhões

Sonny Anderson se notabilizou como um dos brasileiros mais bem sucedidos do futebol francês | Foto: Divulgação

Sonny Anderson se notabilizou como um dos brasileiros mais bem sucedidos do futebol francês | Foto: Divulgação

Sem larga carreira no Brasil, Sonny Anderson teve bom desempenho no exterior, especialmente na França. Nos anos 90, fez boas temporadas em Marseille e Monaco, antes de passar dois anos no Barcelona. O nome que construiu em terras gaulesas fez com que o Lyon, já iniciando a era hegemônica do começo da última década, investisse € 19 milhões no brasileiro em 1999/2000. O investimento não se mostrou ruim e Anderson balançou as redes 94 vezes em 165 partidas e ainda participou dos dois primeiros títulos franceses da série de sete do clube. Deixou a equipe em 2003, aos 33 anos, para jogar pelo Villarreal.

No ranking geral, Sonny Anderson é o 24º.

4º – Shabani Nonda – Monaco – € 20 milhões

Nonda fechou a conta no histórico 3x1 sobre o Chelsea | Foto: Panoramic

Nonda fechou a conta no histórico 3×1 sobre o Chelsea | Foto: Panoramic

Depois de duas belas temporadas no Rennes, o congolês Shabani Nonda foi contratado pelo Monaco por € 20 milhões na temporada 2000/2001. Na época, ele veio para suprir a ausência de David Trezeguet, vendido para a Juventus naquele mesmo ano. O ápice do atacante foi em 2002/2003, ano em que o clube do Principado foi vice-campeão europeu. Nonda fez 28 gols em 40 jogos na temporada, inclusive o terceiro na vitória por 3×1 sobre o Chelsea, que colocou o ASM na final da Liga dos Campeões. Deixou o clube ao término da temporada 2004/2005, quando encerrou o contrato, com a sensação de que cumpriu bem o seu papel.

Shabani Nonda é o 23º no nosso ranking.

3º – Yoann Gourcuff – Lyon – € 22 milhões

Gourcuff não venceu as lesões e fracassou no Lyon | Foto: IconSport

Gourcuff não venceu as lesões e fracassou no Lyon | Foto: IconSport

Yoann Gourcuff era um dos pilares do Bordeaux campeão francês de Laurent Blanc, razão que fez com que o Lyon investisse € 22 milhões em sua contratação na temporada 2010/2011. Entre altos e baixos, a vinda do talentoso meia se mostrou um completo fracasso. Tentando vencer as lesões, Gourcuff não conseguiu entrar em campo 30 vezes em três das cinco temporadas no Gerland. Em 30 de junho de 2015, o contrato venceu e o Lyon não renovou.

No nosso ranking, Gourcuff está em 19º lugar.

2º – Lisandro López – Lyon – € 24 milhões

Bons números e a interminável disposição em campo fizeram com que Lisandro conquistasse a torcida do Lyon | Foto: Flash Press

Bons números e a interminável disposição em campo fizeram com que Lisandro conquistasse a torcida do Lyon | Foto: Flash Press

Jogador do ano em Portugal em 2008, onde também foi artilheiro do campeonato nacional com 24 gols, o argentino Lisandro López parou em Lyon por € 24 milhões em 2009. Maior contratação da história do Olympique Lyonnais, Licha, como passou a ser carinhosamente chamado pela torcida, fez valer todo o investimento – diferentemente de Gourcuff. Durante cinco temporadas (quatro completas), fez 82 gols em 168 jogos, sendo o 10º maior artilheiro da história do clube. Deixou o OL na temporada 2013/2014 ovacionado pelo torcedor, que reconheceu o ídolo que foi formado.

No ranking geral, Lisandro está em 18º.

1º – Nicolas Anelka – PSG – € 34,5 milhões

A contratação de Anelka foi um dos atos megalomaníacos de grandeza do PSG antes de se tornar milionário | Foto: Divulgação

A contratação de Anelka foi um dos atos megalomaníacos de grandeza do PSG antes de se tornar milionário | Foto: Divulgação

Revelado pelo Paris Saint-Germain em 1996, Nicolas Anelka retornou a capital francesa quatro anos depois em uma transferência que assombrou a Europa. Com o investimento € 34,5 milhões, o PSG firmou com o atacante, que estava no Real Madrid, um contrato de sete anos em um negócio recorde para o ano 2000. O retorno se mostrou um grande problema. Com dificuldades de relacionamento, Anelka durou somente duas temporadas no clube, com 20 gols em 66 jogos. Em 2002/2003, foi negociado com o Manchester City, por € 20 milhões.

No ranking geral, a negociação envolvendo Anelka e PSG ocupa a 10ª colocação no ranking geral do Campeonato Francês.

Quem completa o top-10?

Jogador Clube Valor Temporada
Lucho Gonzalez Marseille € 19 milhões 2009/2010
Michel Bastos Lyon € 18 milhões 2009/2010
Kader Keita Lyon € 16,8 milhões 2007/2008
Aly Cissokho Lyon € 16,2 milhões 2009/2010
André-Pierre Gignac Marseille € 16 milhões 2010/2011


E na lista geral?

Jogadores Clubes Valores Temporada
Edinson Cavani PSG € 64,5 milhões 2013/2014
Ángel Dí Maria PSG € 63 milhões 2015/2016
David Luiz PSG € 49,5 milhões 2014/2015
James Rodríguez Monaco € 45 milhões 2013/2014
Falcao Monaco € 43 milhões 2013/2014
Thiago Silva PSG € 42 milhões 2012/2013
Javier Pastore PSG € 42 milhões 2011/2012
Julian Draxler PSG € 40 milhões 2016/2017
Lucas PSG € 40 milhões 2012/2013
Nicolas Anelka PSG € 34,5 milhões 2000/2001

Top-5 vendas:

Jogador Clubes envolvidos Valores
James Rodríguez do Monaco para o Real Madrid € 75 milhões
Anthony Martial do Monaco para o Manchester United € 50 milhões
Michy Batshuayi do Marseille para o Chelsea € 39 milhões
Didier Drogba do Marseille para o Chelsea € 38,5 milhões
Michael Essien do Lyon para o Chelsea € 38 milhões

Os goleadores da França

O argentino Delio Onnis lidera o ranking histórico de artilheiros da Ligue 1

Diversas vezes sou questionado sobre alguns dados históricos do Campeonato Francês, principalmente se tratando de jogadores. Bom, hoje irei sanar algumas das dúvidas de vocês quanto à artilharia histórica do torneio.

O maior goleador de todos os oitenta anos de Campeonato Francês é o argentino Delio Onnis, que entre 1971 e 1986 jogou no país da Torre Eiffel. Neste período, ele defendeu Stade de Reims, Monaco, Tours e Toulon, tendo uma passagem mais longa e produtiva pelo clube do principado, onde fez 187 gols em 263 jogos. Onnis disputou 449 partidas e balançou as redes em 299 oportunidades.

Esse argentino tem um dado interessante: ele nunca jogou pela seleção de seu país. Onnis nasceu perto de Roma e muitos argentinos o consideravam italiano. Em contrapartida, muitos italianos o consideravam argentino… Fora esse impasse, Onnis enfrentava a forte concorrência de Bianchi, Maradona e Kempes na Argentina.

Logo atrás do hermano, vem Bernard Lacombe, que construiu toda sua carreira na França. Suas passagens de maior destaque foram por Lyon – clube que o revelou – e Bordeaux, onde anotou mais de 120 gols. Em sua curta passagem pelo Saint-Étienne, Lacombe também teve bons números, com 14 tentos em 32 aparições. Em toda a história, foram 255 gols em 497 jogos.

Curiosamente, o jogador com a melhor média de gols no torneio ocupa apenas a 19ª colocação no ranking: Josip Skoblar. O iugoslavo atuou por nove anos no Olympique de Marseille e fez 151 gols em 174 partidas, tendo média de 0,86 por partida.

O brasileiro melhor ranqueado é Sonny Anderson, ex Marseille, Monaco e Lyon. O atacante fez 138 gols em 221 partidas no Campeonato Francês.

Confira abaixo o ranking com os 20 maiores artilheiros da história do “Francesão”:

Abaixo, você pode conferir as listas dos principais artilheiros do campeonato e que ainda estão em atividade na carreira. O líder do ranking é o ex-atacante do Marseille, Mamadou Niang, que deixou a França com a contagem centenária.

Destaque também para a lista dos artilheiros que ainda estão jogando na Ligue 1 e o líder é Peguy Luyindula. O detalhe é que o último dos 86 tentos do atual jogador do Paris Saint-Germain foi na 19ª rodada do Campeonato Francês da temporada 2009/2010. Com as poucas oportunidades que tem recebido na capital, a tendência é que Ludovic Giuly o ultrapasse na lista. Talvez já tivesse feito isso se não passasse a última temporada na segunda divisão pelo Monaco.

→ Maiores artilheiros em atividade

→ Maiores artilheiros em atividade na Ligue 1