Isso é que é “feliz ano novo”

 

Ano novo, descanso...não!? Premier League

Começou 2011, e junto com o novo ano, continua a ‘velha’ Premier League. Os caras não pararam nem no primeiro dia do ano. Simplesmente 8 jogos da 21ª rodada foram realizados neste dia 1º de janeiro. Isso é que é “um feliz ano novo” – como diz o título.

Dos oito jogos, oito vencedores, nenhum empate, mas os grandes vencedores foram os amantes do futebol, fãs ou não da Premier League, que após o termino de um ano, onde um marasmo esportivo reina, você pode assistir a um jogo de alto nível, pois poucos países na europa tiveram jogos neste sábado. Tirando o Reino Unido, só tivemos jogos de primeira divisão em Israel – na Ucrânia tivemos jogos nas divisões inferiores -, isso levando em conta a Europa inteira.

Rooney volta a marcar após longo tempo (AP)

Os grandes felizardos foram os times de Manchester, o United e o City. Os Red Devils venceram o West Brom no primeiro jogo do ano na Premier League. Jogo movimentado. Rooney abriu o placar pro United, enquanto Morrison empatou pro WBA, somente na etapa final veio o gol da vitória do Manchester, com Chicharito. Mas tirando os lances de gols, valem algumas notas:

*O West Brom teve dois pênaltis e um não foi marcado. Neville derrubou Dorrans e Chris Foy mandou seguir. No outro pênalti, o que foi marcado, Odemwingie desperdiçou a cobrança.

*No segundo pênalti, Rio Ferdinand – que derrubou Thomas na área – cometeu sua primeira falta na temporada

*Para fechar, falarei de Ronney, que voltou a marcar com bola rolando após 1418 minutos, mas no fim do jogo, sofreu um dura entrada no tornozelo esquerdo e mesmo machucado, permaneceu em campo – Alex Ferguson já havia feito três substituições -. O Shrek à princípio ficará duas semanas fora.

Nos números, o Manchester United continua na liderança, com 38 pontos, mas vencendo o vice-líder, Manchester City nos critérios de desempate. Já o West Brom segue na honrosa 14ª colocação, com 22 pontos.

Adam Johnson decidindo pro City (PA)

O outro Manchester, o City, bateu o Blackpool em City Of Manchester. O único gol da partida foi de Adam Johnson. Poderiam ser mais, isso porque Tévez desperdiçou um pênalti e ainda os Tangerines deram trabalho pros Sky Blues, algo até admitido pela comissão técnica do Manchester. Tanto que Joe Hart foi um dos melhores em campo.

Os Citizens estão agora na vice-liderança, com 38 pontos. Embora tenham o mesmo número de pontos do líder Manchester United, o City fica prejudicado pelo fato de ter dois jogos à mais que o líder. O Blackpool segue fazendo bonito, 10ª colocação, com 25 pontos.

Outra ‘localidade’ que começou 2011 com o pé direito foi Londres. Arsenal e Tottenham venceram e estão no G4. Os Gunners bateram o Birmingham fora de casa com certa facilidade – algo pouco visto nos últimos tempos, pois os Blues perderam (com esse jogo) duas partidas de 25 no St. Andrews Ground – no jogo de número 200 de Cesc Fábregas na Premier League. Van Persie, Nasri e Johnson contra fizeram os gols dos Gunners, que agora ocupam a 3ª colocação, com 39 pontos – e um jogo à menos que o City e um à mais que o United. Já o Birmingham é o vice-lanterna com 19 pontos.

Agora falando do Tottenham, os Spurs passaram por um rival local, o Fulham. Só tivemos um gol, que foi anotado por Gareth Bale, que desviou cobrança de falta executada por Van der Vaart. O Tottenham novamente entrou no G4, deixando o Chelsea para três. Os Spurs tem 36 pontos e os Blues tem 34. Agora os comandados de Carlo Ancelotti ficam na obrigação de vencer o Aston Villa pra voltar ao G4.

Já o Fulham entra na zona de rebaixamento, com 19 pontos, isso graças ao West Ham, que bateu o Wolverhampton por 2×0 – Zubar contra e Sears marcaram pros Hammers – e agora figura fora da zona de descenso, com 20 pontos.

Joe Cole voltando a cena (Reuters)

Nos jogos que movimentaram o meio da tabela, destaque pro Liverpool, que venceu a boa equipe do Bolton no sufoco, 2×1, com um gol de Joe Cole aos 46 minutos da etapa final – Davies fez pro Bolton e Torres havia feito o primeiro do Liverpool.  Os Reds estão agora na 9ª colocação com 25 pontos, enquanto os Trotters caem para a 7ª colocação, com 29 pontos. E quem ultrapassou o Bolton com esse tropeço foi o Sunderland, que bateu o Blackburn por 3×0 – gols de Welbeck, Bent e Gyan – e estão uma posição acima, com um ponto à mais. O Stoke City foi outra equipe que venceu. A vitória da rodada foi sobre o Everton, 2×0 – gols de Jones e Jagielka contra – e sobem pra 8ª colocação, com 27 pontos.

Amanhã, Chelsea x Aston Villa e Wigan x Newcastle fecham a rodada.

Anúncios

Dois dias depois…

Após jogarem no domingo, vários times voltaram a campo na terça-feira

E seguimos com as incansáveis maratonas de jogos na Inglaterra. Onze equipes que entraram em campo no domingo (26) tiveram de encarar mais uma partidinha, simplesmente dois dias depois, na terça (28). Alguns tiveram que percorrer distâncias relativamente longas – como o Newcastle, que teve de percorrer 470 quilômetros até Londres -, outras nem saíram de seu lugar, como o West Ham, que permaneceu em Londres.

Lee Bowyer salvou o Birmingham nos acréscimos (AFP)

Começamos falando do Manchester United, que teve de ir do noroeste da Inglaterra e ir pro centro do país enfrentar o Birmingham, para tentar manter a ponta, coisa que não foi totalmente possível. Após um primeiro tempo morno, de muitos erros de passe e poucas emoções, os Red Devils abriram o placar no segundo tempo, com Dimitar Berbatov, que tabelou com Gibson e mandou para as redes. Foi o 13º gol do búlgaro na Premier League. O Manchester tinha a partida em mãos. Trocava passes, marcava forte e o Birmingham só tinha forças para jogar a bola na área, coisa que nem sempre dava certo. Uma hora deu, e nessa hora, Zigic escorou e Bowyer marcou. Só que o gol foi irregular. O atacante sérvio dos Blues ajeitou a bola com a mão para a finalização de Bowyer. Fora ainda ter havido uma possível falta do próprio Zigic em Ferdinand. Eu não daria, achei que o contato dos dois foi quando o atacante já estava no ar, mas não seria nada de outro mundo ser marcada a falta.

Mas a história que ficará é que o Manchester fica na liderança, mas sem a tranquilidade que a vitória lhe daria. Os Red Devils ocupam a liderança, mas com os mesmos 38 pontos do Manchester City e só vencem nos critérios de desempate. O empate foi lucrativo pro Birmingham, que chega a 19 pontos e deixa a zona de rebaixamento. Os Blues ocupam agora a (ainda incômoda) 16ª colocação.

O Manchester City saiu de Newcastle, no norte da Inglaterra com três pontos e voltou para o noroete inglês, sua casa e conquistou mais três pontos. Hoje os Citizens venceram o Aston Villa com facilidade, 4×0. O destaque do jogo foi “o homem que só vê a sua frente Lionel Messi”, Mário Balotelli. O italiano anotou três gols, sendo dois de pênalti. O quarto gol foi do defensor Lescott. O Manchester City, mesmo tendo sofrido alguns tropeços desnecessários, não desgruda dos líderes e está na segunda colocação, com os mesmos 38 pontos do rival e líder Manchester United. Já os Villans seguem em péssima situação. Estão na 15ª colocação, com 20 pontos e próximos da zona de rebaixamento.

Lennon abriu o placar pros Spurs (Getty Images)

O Tottenham deixou o centro da Inglaterra e migrou para sua ‘terra natal’, em Londres, onde recebeu o Newcastle, que saiu do norte do país, tendo de percorrer cerca de 470 quilômetros pro duelo de hoje. E essa distância foi percorrida em vão pelos Magpies, que perderam de novo – terceira em cinco jogos e segunda consecutiva -, nona na competição. Os gols dos Spurs foram marcados na etapa final, pelo Aaron “Ligeirinho” Lennon e Gareth “Papa-Léguas” Bale, ambos em suas jogadas características, jogadas velozes e finalizações cruzadas.

O Tottenham está no G4, ultrapassaram o Chelsea – são 33 pontos contra 31. O Newcastle segue com sua campanha irregular – 13º lugar, com 22 pontos – e tem de tomar cuidado para não começar a encostar na parte debaixo da tabela.

Agora pulamos pra parte debaixo da tabela, onde o Fulham pegou estrada até Stoke-on-Trent pegar o Stoke e conseguir grande vitória. Com dez minutos de jogo, Baird decidiu, com dois gols, um aos 4 minutos e outro aos 10′. Antes do jogo de hoje, Baird, que joga no Fulham desde 2007, só tinha um gol na Liga e termina com três.

Mas o que importa pros Cottagers é que eles deixam a zona de rebaixamento, chegam a 19 pontos, na 17ª colocação. Vitória que dá um pouco de sustentação ao técnico Mark Hughes. O Stoke segue em sua zona intermediária – 10ª colocação, com 24 pontos – e por lá deve permanecer, vai se firmando cada vez mais na Premier League.

Se o Fulham se deu bem, o mesmo não se pode dizer do West Ham, que tropeçou no Upton Park, diante do Everton, que teve de percorrer cerca de 350 quilômetros para essa partida. Os Toffes deram uma forcinha pros Hammers, com um gol de contra de Hibbert, mas Coleman marcou à favor e fechou no 1×1. O Everton está na 11ª colocação com 22 pontos, enquanto o West Ham permanece na vice-lanterna, com 17 pontos.

Outros Resultados

Sunderland 0x2 Blackpool
WBA 1×3 Blackburn

Amanhã

Arsenal x Wigan
Chelsea x Bolton
Liverpool x Wolves

Feliz com a felicidade do rival

Malouda tirou o zero do marcador (Getty Images)

Não entendeu a historinha acima? O Chelsea está feliz, porque venceu e mais feliz ainda, porque seu rival, o Arsenal, derrotou o Manchester City, vice-líder da Premier League. A vitória dos Blues não foi simplesinha. O Wolverhampton deu trabalho.

Quando o Wolves começava a se soltar, Malouda fez o primeiro. Na etapa final, o Chelsea matou a partida com Salomon Kalou. Os Blues tem agora 22 pontos e estão na liderança do Campeonato Inglês, com cinco pontos de vantagem pro vice-líder, Arsenal. O Wolverhampton é o vice-lanterna com 6 pontos.

Nasri jogou muito (AP)

Mas o grande jogo da rodada foi no City Of Manchester. O Arsenal bateu o City sem grandes dificuldades. Os Citizens começaram bem, com Tévez encomodando Clichy e Djourou no lado esquerdo. Quando os Gunners estavam se acertando, um acontecimento fez com que a calma para vencer o jogo tomasse conta do Arsenal. Chamakh disparou sozinho e foi derrubado por Boyatá. Era um lance de interpretação. O marroquino ia sair na cara de Hart e o zagueiro belga foi expulso pelo árbitro Clattenburg. Acho que foi bem. Foi um entrada dura, fora o fato citado acima. O City errava muitos passes no meio-campo e parecia ser questão de tempo para o Arsenal abrir o placar. Nasri tabelou com Arshavin e tocou na saída de Hart, tirando o zero do placar. O City seguia perdido e ainda viu Kompany derrubar Fábregas na área, pênalti bem marcado. O próprio Fábregas bateu, mas Hart defendeu. Na etapa final, os donos da casa começaram bem, esboçaram uma pressão, mas viram o Arsenal marcar mais dois gols. Após erro de Bridge, que não afastou a bola, Song-Bilong aumentou, e em jogada de Nasri, que evitou a saída da bola e ainda deu bela enfiada de bola para Bendtner tocar na saída do goleiro. Vitória incontestável do Arsenal. Criou mais e ainda foi beneficiado por ter ficado quase o jogo inteiro com um atleta à mais em campo. Os Gunners estão na vice-liderança com 17 pontos, enquanto os Citizens tem os mesmos 17 pontos, mas é o 4º.

– O Manchester United passou sufoco, mas derrotou o Stoke City fora de casa. Com Rooney mal nesta temporada, quem decidiu foi seu substituto, Chicharito Hernandez. O mexicano abriu o placar de cabeça na primeira etapa, no segundo tempo, o turco Tuncay empatou, mais tarde, Chicharito fez o segundo e deu a vitória aos Reds Devils. O Manchester é o 3º com 17 pontos e o Stoke é o 13º com 10.

– O Tottenham decepcionou. Poderia ter se juntado ao seleto grupo de equipes de 17 pontos (Arsenal e Manchester’s United e City), mas empatou com o Everton. Os Toffes abriram o placar com Baines de falta, mas os Spurs empataram com Van der Vaart. O Tottenham é o 5º com 15 pontos, enquanto o Everton é o 11º com 10 pontos.

Tirando o dedo da lama (PA)

O Liverpool voltou a vencer na Premier League. Com muito sufoco, os Reds derrotaram o Blackburn em Anfield, mas continuam na zona de rebaixamento. O grego Kyrgiakos abriu o placar aos 3 minutos da etapa final. Dois minutos depois, Carragher acabou fazendo contra, mas três minutos depois, Fernando Torres tratou de decidir e fez o gol da vitória do Liverpool. Os Reds estão na 18ª colocação com 9 pontos, dentro da zona de rebaixamento. O Blackburn está uma posição acima dessa zona, também com 9 pontos.

Demais Resultados

Birmingham 2×0 Blackpool
Sunderland 1×0 Aston Villa
West Brom 2×1 Fulham
Wigan 1×1 Bolton

Classificação

P GD PTS
1 Chelsea 9 23 22
2 Arsenal 9 11 17
3 Man Utd 9 8 17
4 Man City 9 4 17

5 Tottenham 9 3 15

6 West Brom 9 -2 15
7 Sunderland 9 1 12
8 Bolton 9 0 12
9 Newcastle 9 1 11
10 Aston Villa 9 -4 11
11 Everton 9 1 10
12 Birmingham 9 -2 10
13 Stoke 9 -3 10
14 Blackpool 9 -7 10
15 Wigan 9 -9 10
16 Fulham 9 -1 9
17 Blackburn 9 -2 9

18 Liverpool 9 -5 9
19 Wolves 9 -7 6
20 West Ham 9 -10 6

RÁPIDA RECUPERAÇÃO

Mesmo na Bay Arena, Mainz vence (Reuters)

Na última rodada, o Mainz sofreu sua primeira derrota diante do Hamburgo. Na rodada seguinte, a “sensação alemã” se recuperou rápido, com uma importante vitória fora de casa, diante do Bayer Leverkusen.

O único gol do jogo saiu somente aos 25 minutos da etapa final, quando Schürrle foi lançado e serviu Ivanschitz, que fez o único gol do jogo. O Mainz chega a 24 pontos e retoma a liderança da Bundesliga. O Leverkusen sofre um tropeço importante, está com 15 pontos, na 5ª colocação, se distanciando dos líderes.

– O Borussia Dortmund foi quem proporcionou aos Mainz a oportunidade de assumir a ponta da Bundesliga. O BVB tropeçou em casa, diante do Hoffenheim. Os brasileiros foram decisivos nesta partida. Do Hoffenheim, Luís Gustavo arrancou e serviu Ba, que abriu o placar. No Dortmund, o empate veio aos 47 minutos do segundo tempo, com Antonio da Silva cobrando falta. O BVB tem 22 pontos é cai para a 2ª colocação, enquanto o Hoffenheim é o 4º com 15.

Ya Konan coloca Hannover lá em cima (Witters)

O Hannover conquistou uma grande vitória. Derrotou o Colônia e está na 3ª colocação. O Hannover abriu 2×0 com o homem ali da foto, Konan, que fez os dois gols. Os visitantes descontaram na etapa final, com Lanig, mas de nada adiantou. O Hannover tem 16 pontos e está na 3ª colocação, enquanto o Colônia é o lanterna com 5 pontos.

– Outras três equipes que fazem campanhas decepcionantes, mas deram uma respirada. O Schalke ficou no empate (0x0) com a boa equipe do Eintracht Frankfurt, o Werder Bremen goleou o Borussia Monchengladbach (4×1), enquanto o Stuttgart voltou a vencer, 2×0 diante do St. Pauli.

Demais Resultados

Freiburg 2×1 Kaiserslautern
Nuremberg 2×1 Wolfsburg

Classificação

PL VEREIN SPIELE TD PKT
1 Mainz 05 9 11 24
2 Dortmund 9 14 22
3 Hannover 9 1 16
4 Hoffenheim 9 4 15
5 Bayer 04 9 3 15
6 HSV 9 2 15
7 Freiburg 9 0 15
8 Werder 9 -1 14
9 Eintracht 9 5 13
10 St. Pauli 9 -1 13
11 FC Bayern 9 0 12
12 Nürnberg 9 -1 12
13 Wolfsburg 9 -1 10
14 Stuttgart 9 -1 7
15 1. FCK 9 -8 7
16 Schalke 04 9 -6 6
17 M’gladbach 9 -13 6
18 1. FC Köln 9 -8 5