Le Podcast du Foot #2

Após cinco rodada, Girard e o Montpellier ocupam a 16ª colocação (mhscfoot.com)

A 5º rodada do Campeonato Francês e a estréia de Paris Saint-Germain, Montpellier e Lille na Liga dos Campeões foram os destaques da segunda edição do “Le Podcast du Foot”. Eu, Eduardo Junior, apresentei o programa e contei com as participações de Vinícius Ramos, dono do blog “Tabela Online” e colunista do portal “Uipi!”, além de Willian Kressin, torcedor do Toulouse e criador do blog do time no Brasil.

Comentamos sobre a vitória do PSG diante do Toulouse, do novo tropeço do Montpellier de René Girard e dos invictos Lyon e Marseille. Você também saberá quais partidas da próxima rodada chamam a atenção de Vinícius e Willian. Além disso, nossos comentaristas deram suas expectativas para os jogos da semana que envolvem os times franceses na UEFA Champions League.

A primeira edição recebeu alguns elogios e manteve o bom número de acessos deste blog, espero que esta nova edição, com outros comentaristas, também lhes agrade.

Boa escuta!

 

Lille acabando com o jejum… em dobro

Texto de Willian Kressin

Foram 56 anos sem um título de importância. Mas no ultimo sábado, o Lille venceu o Paris Saint-Germain no Stade de France e garantiu o titulo da Copa da França. E ontem, após vencer o Sochaux, está com 99,99% de chance de ser campeão da Ligue 1. Ou seja, o Lille é o grande time da temporada 2010/2011 na França.

Muitas vezes considerado somente um time que brigaria por uma vaga na Liga Europa. Outras tantas consideradas um time que começa bem e que depois volta à realidade caindo para o meio da tabela. Quem disse isso pode repensar, pois o Lille provou o seu valor na temporada 2010/2011.

Lille foi campeão da Coupe de France

No último sábado a equipe enfrentou o PSG no Stade de France em busca do titulo da Copa da França. Um titulo que não vinha desde 1955. Quando a bola rolou, a jovem equipe comandada por Rudi Garcia mostrou toda a sua capacidade. Foi o dia em que todos viram do que o Lille é capaz. As 79 mil pessoas presentes no Stade de France viram um grande jogo, onde o time de Hazard, Gervinho e outros bons jogadores conseguiram vencer o PSG de forma irrepreensível. Não foi fácil, mas o belo gol marcado por Obraniak aos 44 minutos do 2° tempo garantiu o merecido titulo ao Lille, acabando com o jejum de 56 anos e dando a oportunidade para a sua torcida tirar o grito de “É campeão” que estava entalado na garganta.

Um dia após vencer a Copa da França, o Lille viu o Olympique de Marseille – único concorrente ao título da Ligue 1 – empatar com o Lorient, dando a oportunidade para o Lille abrir 6 pontos na liderança com apenas mais duas rodadas a serem disputadas, ou seja, somente mais 6 pontos em jogo. Mas para isso o Lille teria que vencer o Sochaux na quarta-feira (ontem).

E agora virtual campeão da Ligue 1

Ontem, quando a bola rolou no estádio Lille-Metropóle, o que vimos foi um Lille alucinado em busca da vitória. O time mostrou um futebol de extrema qualidade, amassando o Sochaux. Mas quis o destino que o gol do Lille não quisesse sair. Gervinho e Sow tiveram várias chances. O primeiro chegou a acertar a trave 3 vezes. Mas o tão esperado gol saiu, aos 9 minutos da segunda etapa, justamente com Gervinho. O gol que garantiu a vitória ao Lille, e convenhamos, garantiu o titulo da Ligue 1.

A vitória contra o Sochaux tornou o Lille o virtual campeão da Ligue 1. Isso porque com 6 pontos de vantagem e somente6 aserem disputados, um empate garante o titulo. Além disso, mesmo perdendo ambos os jogos e o Olympique vencendo os dois, dependendo do saldo de gols, o Lille garante o titulo. Nem o mais otimista dos torcedores do Olympique de Marseille acredita ainda no bi-campeonato.

A temporada 2010/2011 jamais será esquecida pelos torcedores do Lille. Campeão da Copa da França e campeão da Ligue 1. O jejum de títulos que durava 56 anos chegou ao fim e o futuro dessa jovem equipe tem tudo para ser ainda melhor. Isso se a Europa deixar.

É praticamente impossível o Lille manter os jovens jogadores que são as estrelas desse elenco. A saída do belga Hazard é praticamente certa. Moussa Sow também pode deixar a equipe. Sem falar em outros jogadores que podem ir para grandes clubes da Europa.

Para o Lille ter um futuro vitorioso, caberá a direção manter a grande gestão que vem sendo feita nos últimos 10 anos. Algumas saídas serão inevitáveis, mas ainda há muitos jogadores que podem levar essa equipe em frente. Agora chegou a hora do Lille se tornar uma das potências do futebol Europeu.

A outra briga da Ligue 1

Texto de: Willian Kressin

Quando falamos de Ligue 1, a primeira coisa que nos vem à cabeça é o grande equilíbrio entre os times que lutam pelo titulo e por vagas em competições européias. Porém, a verdadeira briga não está na parte de cima da tabela, e sim na parte de baixo…

A briga contra o rebaixamento muitas vezes é deixada de lado por quem assiste os campeonatos de futebol. Todo mundo dá muita mais ênfase a briga pelo titulo e por competições europeias. É uma questão de instinto. Porém, poucos sabem que a briga contra o rebaixamento é muitas vezes mais emocionante que a do titulo. A Ligue 1 está provando isso nessa temporada.

Oito. Este é o número de times que ainda estão lutando para escapar do rebaixamento. Com o Arles rebaixado, e o Lens em uma situação praticamente irreversível, o ultimo time a ser rebaixado será um desses oito. Toulouse, Brest, Valenciennes, Monaco, Auxerre, Caen, Nice e Nancy não terão vida fácil nas cinco rodadas que faltam para o término do campeonato.

Dentre esse oito times, alguns deles correm mais riscos, e outros tem tudo para conseguir se manter na Ligue 1. Então vamos fazer uma analise dessas equipes, e também as possibilidades de rebaixamento de cada uma delas.

Toulouse, Brest: equipes fortes em posições enganosas

Toulouse já mostrou força contra os grandes

Esses são dois times que tem tudo para se garantir na Ligue 1. O Toulouse está atualmente na 11° posição com 42 pontos, quatro a mais que o Nancy, atual 18° colocado. O Brest vem logo na sequencia, em 12° com 41 pontos.

Toulouse e Brest são equipes que poderiam estar brigando mais na frente. O primeiro já mostrou várias vezes na temporada que é um time muito qualificado. Já o Brest possui jogadores muito bons, e, além disso, a equipe é bastante equilibrada.

Monaco e Auxerre: história e jogadores que podem fazer a diferença

Mônaco ainda sobre ameaça

Monaco e Auxerre estão em 14° e 15° lugares respectivamente, ambos com 39 pontos, um a mais que o Nancy. Situação complicada, mas com grandes possibilidades de ser superada.

O Monaco é um time com muita história. Não somente história na França, mas também na Europa. Apesar de nessa temporada estar bem abaixo do esperado, esse time não merece cair para a Ligue 2. Mesmo em uma situação difícil, o elenco dessa equipe é bom, e pode se manter até com tranquilidade na Ligue 1. Mas terá que provar em campo.

O Auxerre é uma das grandes decepções da temporada. O time mostrou na temporada passada que poderia brigar até pelo titulo, mas decaiu de forma inacreditável. Mesmo assim tem tudo para se manter na Ligue 1, graças aos excelentes jogadores que o técnico Jean Fernandez possui.

Valenciennes, Caen, Nice e Nancy: uma batalha até o final

Caen pode voltar a Ligue 2

Essas são as equipes que estão seriamente ameaçadas de rebaixamento. Não que as outras também não estejam, mas essas correm um risco maior.

Valenciennes, Caen e Nice estão todos com 39 pontos – mesmo número de Mônaco e Auxerre. Já o Nancy está com 38 pontos, e no momento estaria rebaixado. Para essas equipes, os próximos cinco jogos serão uma verdadeira guerra.

Nenhuma dessas equipes terá jogos fáceis. Algumas irão se enfrentar, e praticamente todas terão jogos contra os candidatos ao titulo. Por isso é muito difícil apontar qual delas tem mais chances de cair. Mas uma coisa eu posso dizer: o último rebaixado será uma dessas quatro equipes.

Serão cinco rodadas de arrepiar. Tanto na luta pelo titulo – Lille 1° colocado com 63 pontos, Olympique 2° colocado com 62 pontos – como na luta contra o rebaixamento. O que podemos dizer é: façam suas apostas.