De anos na fila, pra anos nos títulos

Treinador hoje, Deschamps já levantou o troféu da Liga

Em 1993, o Olympique de Marseille derrotou o Milan na final da Liga dos Campeões e se tornou o primeiro time francês campeão europeu, aliás, até hoje, único time francês a conquistar a competição. Só que o normal seria que o OM colhesse frutos dessa conquista, mas com o escandalo “VA-OM”, logo veio o declínio.

O time não pôde jogar o Mundial de Clubes no fim do ano. O Milan foi e perdeu pro São Paulo – será que a história seria diferente com o OM lá? – e ainda perdeu o título francês de 92/93 – seria o 5º título consecutivo -, caindo pra segundona francesa. No primeiro ano foi campeão da segundona, mas foi impedido de voltar, mas no ano seguinte não teve jeito, o 2º lugar lhe garantiu o retorno a primeira divisão.

Só pra quem tiver dúvida, no caso “VA-OM”, o então presidente do Marseille, Bernard Tapie, teria contactado jogadores do Valenciennes e arranjar o resultado de um junto entre as duas equipes. Por que ele fez isso? Simples. O OM lutava pelo título do campeonato nacional e da UCL e no duelo contra o VAFC, o Marseille iria com um time alternativo pra descansar seus atletas pra Champions League, mas pra não correr o risco de perder o Campeonato Francês ele arranjou o resultado.

O Marseille ficou simplesmente 17 anos sem conquistar título algum.

Marseille levantando a Copa da Liga

Exatamente. Longos 17 anos. Nesse meio tempo, foram dois vice-campeonatos franceses, dois vice-campeonatos da Copa da Uefa e outros dois vice-campeonatos da Copa da França. Até que março de 2010, o Marseille chegou pela primeira vez na final da Copa da Liga Francesa. O adversário era o atual campeão francês, o Bordeaux. A vitória por 2×1 não só tirou o OM da fila, como serviu de impulsão para novos títulos. Após o título da Coupe de La Ligue, semanas depois veio o título da Ligue One com antecedência.

Acabou a temporada. Jogadores vieram – como o espanhol Azpilicueta, grande aposta da diretoria que deu certo -, jogadores foram embora – Niang, capitão e artilheiro da equipe se foi pro futebol turco -, mas uma coisa poderia ser vista, o presidente Jean-Claude Dassier queria mais e logo no início da nova temporada, o Marseille bateu o grande rival PSG na final da Supercopa da França e novo título chegou.

A temporada ia se desenrolando e o time ia encaixando. No Campeonato Francês, o Olympique de Marseille vem chegando forte e na Champions League, a classificação veio com antecedência num grupo complicado, com Chelsea e Spartak Moscow. Nas oitavas-de-final, o OM pegará o Manchester e eu já disse, não será surpresa alguma o time francês eliminar o poderoso time inglês. Vejo muita gente menosprezá-los por “simplesmente serem da Liga Francesa”. É um campeonato que nem todos acompanham, não dá pra pessoas que nunca viram a competição chegar e falar que os Red Devils vão atropelar. Eu acho que é um duelo equilibrado.

O Manchester joga num 4-4-2 e tem com um dos pontos fortes e chegada de seus volantes ao ataque, mas eles terão de ficar de olho em Lucho González e principalmente, ajudar os laterais, já que pelas pontas caem Valbuena e Rémy (ou Ayew) e dão muito trabalho.

Marseille x Manchester na próxima fase da UCL

É aquela velha história: Com um bom sorteio, o Marseille pode, quem sabe, voltar a uma final de Champions League. No momento é meio inimaginável, pelo fato do OM pegar logo de cara nas oitavas de final um dos times mais tradicionais na competição, mas Didier Deschamps tem lá sua experiência na competição – conquistou a Liga como jogador pelo Marseille e pela Juventus, como treinador foi vice-campeão com o Mônaco.

Falando no Deschamps, ele tem muitos méritos nesse avanço do Marseille. Montou bem o time e nas peças que perdeu, soube fazer a reposição. O treinador do OM, aliás, é especulado em outros clubes da Europa. Há quem diga que ele é o substituto de Alex Ferguson no Manchester United.

Bom, mas na Champions League essa história não passa de um sonho…por enquanto, mas é um sonho. Mas na Copa da Liga Francesa é realidade.

O Olympique de Marseille passou facilmente pelo Auxerre e pelo segundo ano consecutivo jogará a final da competição e tem enormes chances de conquistar o bi-campeonato. O adversário na final será o Montpellier. Time ajeitadinho, mas não é melhor que os comandados de Didier Deschamps. Mas pra quem gosta do futebol francês fica aquele gostinho de quero mais. Isso porque o MHSC eliminou o PSG, grande rival do Olympique de Marseille e com as duas equipes fazendo bela temporada, a chance de termos uma final realmente histórica era gigantesca. Mas o time da capital caiu…

Mas é bom ver o Marseille voltando a disputar títulos. É bom pro clube, bom pra torcida, bom pro futebol francês e em geral também, já que ver a Champions League na mesmice também enche um pouco o saco, então seria legal ver esse gigante europeu voltar a figurar nos grandes europeus, pois a França já está vendo esse gigante voltar.

2 respostas em “De anos na fila, pra anos nos títulos

  1. Concordo com você Eduardo. Seria um erro dizer que o Manchester irá atropelar. Não podemos negar que os ingleses são poderosos, mas o Olympique tem um time muito bom, com totais condições de se classificar.

    Com certeza será dois jogos espetaculares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s