h1

Vaga antecipada com representações diferentes

5 de junho de 2011

Alemanha perto da vaga depois de bater a Áustria (Reuters)

Com o término dos campeonatos nacionais e dos torneios entre clubes da Uefa, só me resta falar das seleções, que estão disputando as Eliminatórias da Eurocopa 2012. E no fundo, sabemos que a classificação antecipada para o torneio que será disputado na Polônia e na Ucrânia representa mais para umas seleções do que para outras.

Algumas dessas seleções já carregam junto para essa fase eliminatória da Euro, uma boa base armada durante as Eliminatórias e a fase final da Copa do Mundo. Outras seleções de renome internacional, ao invés de carregar entrosamento, boa base e um leque de opções, carregam coisas piores, como desconfianças, pressões, mal futebol e poucas opções para uma eventual mudança.

Se Klose não joga, aparece Mário Gómez, que fez dois gols contra a Áustria (Dpad)

Vejamos o exemplo da Alemanha: Joachim Löw tem em mãos um grupo jovem e entrosado e também de muito potencial. Ele ainda viu na Bundesliga vários valores surgirem em praticamente todos os times, podendo assim, sempre contar com alternativas interessantes na hora do aperto. No Grupo A, a Alemanha lidera com 18 pontos, sete à mais que a vice-líder Bélgica e ainda tem menos jogos que o selecionado belga.

A Alemanha tem 4 jogos para somar cinco pontos. Ao que tudo indica, logo deve se classificar. Essa vaga antecipada não representa tanto assim para os alemães. A única grande dúvida de Low é na lateral-esquerda. Aogo e Badstuber já passaram por lá e não passaram confiança. Schmelzer é quem tem jogado por lá, mas não repete as boas atuações que teve com a camisa do Dortmund. Nos jogos que sobrariam a Nationalelf com a vaga antecipada, seriam apenas testes para os últimos detalhes serem ajustados, como a lateral-esquerda.

Seleções como Holanda e Espanha vivem a mesma situação. A vaga para a Eurocopa deve vir de forma antecipada e ambas tem bases fortes e opções boas para reposição. Bert van Marwijk e Vicente Del Bosque usariam estas partidas para cumprir tabela como testes finais para a disputa da Euro.

O figurante Lampard, ainda fez um gol de pênalti (Getty Images)

Mas há exemplos contrários, como a Inglaterra.

Depois da vexatória Copa do Mundo, onde o English Team em nenhum momento apresentou um futebol decente e foi varrida pela Alemanha nas oitavas-de-final, Fábio Capello viu as críticas aumentarem e até hoje não se sabe ao certo que time tem mesmo a Inglaterra.

No gol, Joe Hart não repete as grandes atuações do Manchester City. Jogadores como Glen Johnson e Lampard têm jogado mais pela falta de opções do que pelo bom futebol apresentado. E no ataque, Bent não passa toda confiança necessária que se deve ter em um “homem-gol”.

Ainda assim, há respiros de confiança neste time inglês. Jack Wilshere foi uma grata surpresa da temporada na Premier League e hoje já é titular do time de Fábio Capello. Scott Parker renasceu no West Ham, além do trio de defesa que já joga junta há anos: Terry, Ferdinand e Cole.

Mesmo assim, a Inglaterra não apresenta um futebol convincente, com oscilações dentro do próprio jogo e vacilos gigantescos durante a partida. Fábio Capello convive com a falta de opções e também com as críticas justas. O técnico italiano comete muitos equívocos nos jogos, como ontem no duelo contra a Suíça, quando escalou Lampard como titular. O meia do Chelsea fez figuração em campo e foi substituído no intervalo.

Capello é muito criticado (AP)

Uma vaga com antecedência representaria muito para a Seleção Inglesa. Fábio Capello poderia ter mais tranquilidade para rever algumas peças e com menos pressão, poder firmar uma base sólida e forte para a Eurocopa, até porque pelo andar da carruagem, a Inglaterra é quem quer se tornar a “nova Espanha”. Não essa Espanha atual e sim a velha Espanha. Aquela que você depositava muita confiança e na “hora H” falhava. A Inglaterra da última década foi assim…

Só que para o English Team perder esse rótulo, não terá apenas de conviver com a instabilidade de seu futebol, mas também com um duro adversário: a Seleção de Montenegro. Os montenegrinos tem a mesma campanha da Inglaterra e ainda não perderam. Pode pintar como surpresa na Euro 2012.

Quem parece seguir o caminho inverso da Inglaterra é a França. Após aquelas cenas vergonhosas na última Copa do Mundo, Les Bleus tem Laurent Blanc no comando técnico e o ex-treinador do Bordeaux tem montado uma base boa e consistente, com destaques da Ligue 1, mais as peças fundamentais, como Ribéry e Benzema – esse nem tão fundamental assim.

Blanc reconstruindo a França (EQ)

Mesmo estando em início de trabalho, Blanc já tem basicamente uma base. Rami e Mexès formam a dupla de zaga. M’Vila, Alou Diarra, Diaby e Gourcuff são as principais peças para formarem a faixa central do meio-campo. Nasri e Ribéry na criação para Benzema. Sem falar que jogadores como Valbuena, Rémy e Gameiro, destaques do campeonato nacional, começam a se tornar peças importantes do time, sempre jogando, sejam como titulares ou como suplentes que entram durante a peleja. Ou seja, já há uma base, enquanto a Inglaterra engatinha nesse quesito.

A oscilação francesa é diferente da inglesa. Les Bleus oscilam pois sua base ainda não se tornou um conjunto forte e muitas vezes falta o entrosamento, enquanto no English Team, a oscilação se deve a falta de peças e a teimosia de Capello.

A Itália segue o mesmo caminho da França: Base boa, novo técnico e boa parte do caminho andado. Para ambos, a vaga antecipada significa a consolidação de um bom trabalho feito, além da confirmação de uma boa base montada.

A vaga antecipada pode garantir conforto e confiança para uns, para outros, alívio e quanto para outros, apenas uma parte do caminho andado. Então vamos seguir acompanhando as Eliminatórias da Eurocopa para ver se essas minhas previsões realmente acontecerão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: